Translate this Page
Arrebatamento
Você acha que o Arrebatamento da Igreja será:
No meio da Tribulação
Depois da Tribulação?
Durante a Tribulação
Antes da Tribulação?
Não sei responder!
Ver Resultados


Rating: 2.1/5 (472 votos)




ONLINE
3




Partilhe este Site...





O Portal da Teologia 

Indice Mapa do Site Avançado
Busca O Portal

 Ychzek'el [Ezequiel] 9.3-4

O PORTAL DA TEOLOGIA

A marca de Cristo. 

3. Então a Glória do Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura

4. Adonai lhe disse: "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".  

 Atenção: O Arrebatamento da Irmã Vilma - Assista aqui em [Vídeos e Nova Era] Cuidado com a sua Alma! 

 

Graça e Paz em Cristo → A todos os Leitores → Sejam bem vindos → No nome de Jesus!  Comentem os artigos → Iniciem discussões sobre os temas → O Moderador. 06.04.2014 

 
OPorTAU.png

Atualize o seu navegador - novo domínio 

http://www.oportaldateologia.org/ 

O Portal:

 

 

oportal@oportaldateologia.org 

cliqueimagem 

OPorTAU.png 

Pedido de Oração  

 

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

 


O Portal da Teologia autoriza a republicação de todos os artigos do site na íntegra, desde que cite a fonte de origem.  


Automutilação entre jovens no Brasil aumentam
Automutilação entre jovens no Brasil aumentam

Influenciados pelas redes sociais, casos de automutilação entre jovens no Brasil aumentam

Aproximadamente um em cada cinco adolescentes e adultos jovens no mundo está se automutilando nos braços, pernas e em outras partes do corpo passíveis de se esconder com pulseiras, luvas e blusas de manga bem comprida, apontam estudos europeus e norte-americano. Eles usam estiletes, apontadores e lâminas de gilete para se cortar e, com isso, tentar ser aceitos nas tribos da internet, que arrebatam cada vez mais seguidores no auge da adolescência, insatisfeitos com o corpo, espinhas e dúvidas em relação ao futuro. O aumento do número de casos, em sua maioria de meninas, se deve principalmente à influência de páginas no Facebook e no Tumblr, como Garota Depressiva, que ganham slogans sugestivos como “Sinto que vivo numa gaiola, apenas observando os outros pássaros que voam livremente”. Em outros endereços na internet, que trocam de nome à medida em que são alvo de denúncias, o recado é menos sutil: Anjos Suicidas, Poeta que se Corta e Pulsos que Choram, este último com mais de 10 mil curtidas. Em Querida Lâmina, com mais de 40 mil inscritos no WhatsApp e 40,5 mil curtidas no Facebook, a comunidade segue o lema “Sumir seria uma ótima opção”.

 

http://files.comunidades.net/oportaldateologia/comunidade.jpgFoto: Reprodução Internet

adolescente de cabelos coloridos de vermelho D.S., de 14 anos, começou a se automutilar aos 13 anos, em outubro passado. Depois de sangrar a palavra “fim” na coxa direita, indicando que queria interromper o processo, decidiu pedir socorro à mãe. A funcionária pública J. conseguiu internar a filha no Centro Psíquico da Adolescência e Infância (Cepai) da rede Fhemig. “Estou apavorada. Mesmo na clínica, ela está se cortando toda. Estou em pânico só de ver as fotos. A internet contribuiu muito para isso acontecer. É um absurdo”, desabafou a mãe, desesperada. Segundo ela, havia outra adolescente internada com o mesmo quadro na instituição, usando luvas rosas para disfarçar os ferimentos.

A pediatra carioca Gabriela Pedrosa, que atua em Belo Horizonte, alerta para a multiplicação dos pacientes batendo à porta do consultório. “A pediatria é a porta de entrada para os casos. A mãe traz a menina, queixando-se que está está indo mal na escola e não quer conversar. Depois da terceira, quarta consulta, a pré-adolescente mostra os cortes e revela o que está ocorrendo. Nos últimos cinco anos, a procura aumentou muito”, diz. Segundo ela, nos anos de 2012 e 2013, foram atendidos dois a três pacientes com o quadro, enquanto ano passado a demanda saltou para dois por mês.

Embora os grupos da internet tenham o suicídio como pano de fundo, a maior parte dos adolescentes que se autoagridem não está realmente tentando se matar e tampouco faz isso para chamar atenção. “O adolescente que se mutila não está tentando o suicídio, apesar de poder ser um desejo seu. O que ele quer, com o ato de se mutilar, é aliviar a sua dor emocional e evitar, justamente, o suicídio”, esclarece Cristina Chen, que defendeu tese de pós-graduação sobre automutilação na Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo, em 2010. Segundo a especialista, ele também não está tentando chamar a atenção para si. Prova disso é que o ritual é feito às escondidas e o adolescente busca de todas as formas esconder os machucados, feitos em locais do corpo que não são tão expostos.

“Até há algum tempo, o fenômeno já existia, mas não se falava nele. Agora, com a internet, tornou-se mais fácil chegar ao atendimento”, defende a psiquiatra Jackeline Giuspi, coordenadora do Ambulatório de Transtornos do Impulso, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo, e autora de tese de doutorado na Universidade de São Paulo (USP) com este tema, em 2013. Ela criou o ambulatório para prestar atendimento gratuito em 2004 em princípio voltado para adultos. Segundo estudos alemães, ingleses e norte-americanos, 17% da população geral de adolescentes e jovens adultos e 35% dos pacientes psiquiátricos se automutilam. “Nos aplicativos como o Tumblr e até no YouTube, há páginas e páginas justificando que a dor do corpo não é nada perto da dor da alma. Se a garota enfrenta situações próprias da adolescência, como brigar com o namorado ou não gostar do próprio corpo, ela busca uma saída fácil”, afirma ela, que já atendeu até crianças a partir de 9 anos com o problema.

VÍCIO
Aos poucos, o ambulatório passaria a receber casos frequentes envolvendo adolescentes, especialmente depois da divulgação da notícia da brasileira grávida presa na Suíça, em 2009, que dizia ter sido atacada por skinheads. Mais tarde, a moça confessou que se automutilava. “Quanto mais tempo se leva para buscar ajuda, mais difícil é reverter, porque o paciente fica viciado na endorfina liberada no momento do corte. Se arranjava motivos para se cortar, como brigar com o namorado ou ir mal na prova, ele passa a desejar a sensação boa, independentemente de estar triste ou alegre. Começa a se machucar por qualquer coisa. Vira um vício”, diz Jackeline Giuspi, lembrando que a endorfina liberada nos cortes superficiais equivale a meia hora de corrida.

Moda e alívio emocional
A moda da automutilação está ganhando adeptos entre adolescentes que enfrentam dificuldades em atravessar a fase das mudanças, mas também entre aqueles atraídos pela curiosidade de experimentar. “Para ser aceito no grupo da internet, da escola ou do bairro, o adolescente acaba cedendo à pressão social para não perder a amizade. Ele pode sentir dor e nunca mais fazer. Mas, se estiver passando por um processo de incompreensão, pode acabar aprendendo o método como forma de encontrar alívio psíquico e emocional”, diz Cristina Silveira, psicanalista e psicopedagoga.

Em ambos os casos, tanto por modismo ou por transtorno, os pais devem acender a luz amarela para o comportamento dos filhos. “Além da falta de limites, não há mais a figura paterna para dar limite aos filhos. As crianças têm de lidar com situação cotidianas que exigem muita maturidade e que elas ainda não têm. Isso gera uma ansiedade muito grande”, alerta Cristina, que recebeu no consultório adolescente que tentou se matar, no último grau da automutilação.

“Ao perceber que o filho está se cortando, é natural que os pais fiquem assustados. Eles não têm obrigação alguma de saber o que fazer naquele momento. Só recomendo que enxerguem os ferimentos sem preconceitos”, ensina a psiquiatra Jackeline Giuspi,do HC de São Paulo. Segundo ela, ajuda bastante fazer de conta que o filho está apenas chorando. “Ele precisa menos de crítica e mais de espaço para dizer o que está sentindo, para desabafar, sem julgamentos”.

APOIO FAMILIAR

A pediatra Gabriela Pedrosa aconselha que, depois que a situação for identificada na consulta pediátrica, o adolescente deve ser encaminhado a ajuda profissional. “Se for algo leve, terapia resolve. Se estiver deprimido ou com transtorno, vai precisar de atendimento de urgência na psiquiatria, além de apoio em casa”, diz. A automutilação é um sinal de que algo precisa ser melhorado na convivência familiar. “Os filhos precisam muito da presença da família. É preciso ter tempo e tempo com qualidade. Vamos voltar a comer juntos e levantar a cabeça do celular. Voltar a nos olhar nos olhos”.

 

http://files.comunidades.net/oportaldateologia/automutilacao.jpg

D.S., de 14 anos, foi internada pela mãe por estar há um ano se automutilando


1 - Por que você começou?
Eu estava me sentindo sozinha, sem ninguém. Não queria mais sair de casa e cheguei a pesar 80 quilos por causa do medicamento para depressão. Estava muito infeliz. Dei uma olhada na Play Store (Google) e encontrei os grupos. Acontecia a mesma coisa comigo e com eles.

2 - Como você está indo na escola?
Estou indo muito mal. Nem comecei ainda a estudar este ano. Estou na quinta série e tomei três bombas.

3 - O que você sente quando se corta?
Sinto um alívio, uma coisa boa. Logo depois, me arrependo e vejo que não é bom. É como uma droga que a gente não consegue parar de usar. Na verdade, eu mesma pedi ajuda para a minha mãe porque estava me cortando muito. Agora, estou conseguindo me controlar e há três dias não faço isso.

EM

Fonte: http://www.plox.com.br/caderno/ciencia-e-saude/influenciados-pelas-redes-sociais-casos-automutilacao-entre-jovens-brasil-au  

  •  ComenOP.png [...] Eu estava me sentindo sozinha, sem ninguém.[...]                                                                                                               Quando um adolescente chega a fazer esta confissão, é sinal de que algo errado está acontecendo na família e com ele próprio. Nem precisa ser intectuais como foram Freud e Yung para chegar à esta conclusão. Se dentro do lar o filho se sente só, como é o exemplo da jovem citada que desabafou com a frase acima; isto é um grave sinal de que há uma barreira intransponível entre ele e os seus pais agravada pela ausência deles e outros fatores adversos. Na cultura pós-moderna, filhos simbolizam problemas pessoais para os adultos, que procuram fórmulas mirabolantes para solucionarem, esquecendo-se, de que eles estão ausentes na vida dos filhos mesmo estando corporalmente presente. Isto vai piorando conforme o problema do comportamento do jovem vai se agravando, a ponto dos pais além de não notarem que algo de entranho está acontecendo no comportamento do filho; e que provalvelmente pode ser por culpa direta deles; ainda decidem entregá-lo para os cuidados de algum terapeuta do comportamento. Eles é que deviam se tratarem antes de gerar filhos! Este problema afeta a sociedade em geral. Estava lendo um artigo semelhante na impresa de Portugal e percebi que este cenário caótico ja está disseminado em muitos países. Este grave mal comportamental dos pais, que defino como transtorno disfuncional familiar [incômodo funcionamento anormal da família] não envolve distinção ou influência religiosa. Costumo defender a fé individual e não a religiosidade, visto que isto ocorre muito no segmento cristão, cujo, é o meu radical. Certa vez na faculdade, ouvi um relato de um experiente professor; capelão; psicólogo; psicanalista e pastor;  onde ele mencionou um caso de um jovem de 15 anos, que foi seu ex-paciente e filho de um pastor da sua denominação, que depois de ser tratado por ele através através de todos os métodos cientificos e reliogioso que ele domina conforme grifei; além de ter inscrito o jovem num curso básico de teologia como terapia ocupacional e espiritual; quando já havia indicação de que o tratamento estava produzindo efeito positivo; repentinamente o jovem suicida-se dentro da própria casa! Este professor especialista, se ele não conseguiu e não é capaz de explicar esta tragédia com base em toda a sua formação academica e religiosa, quem poderá fazê-lo? O próprio pai ou a mãe do jovem? A quem atribuir a culpa? ao infortúnio do jovem? Há! Foi o diabo. Lembrei. Todos os nossos erros e fracassos é culpa dele, nunca é pela nossa, ingnorância e incompetência? Quantos filhos as famílias perdem para o mundo do crime, e só percebem quando eles estão mortos; apreendidos ou com a vida destruída pelas drogas e pela criminalidade? E os chefes [não pais lógico, pai e mãe são outra coisa] de famílias estavam onde e fazendo o quê; que não conseguiram evitar a tragédia do próprio filho e tentar ajudá-lo em tempo, já que não foram capazes de evitar a sua desgraça? Quantos pais incompetentes fingem não saber da vida vida corrompida do filho, ignorando as atitudes suspeitas dele, omitindo-se e sendo coniventes, quando deviam, intervir? Há! Estavam trabalhando para dar o melhor conforto possível para eles! E o carinho, atenção, amizade, diálogo, presença constante, participação e influência na vida pessoal e até íntima com os filhos se for possível serve para que? Pais e filhos que interagem entre sí, que têm uma vida saudável e transparente e sem tabus, criam vínculos e laços eternos que formam os alicerces e colunas de uma família estruturada. Como mudar este quadro caótico? Se educar já é complicado, não educar abandonando ao destino, o que será? Depois é fácil dizer que aquele que não presta já nasce! Depois de tê-lo perdido o se haverá de fazer? Há! Chamar a cegonha, como diziam os antepassados para vir cuidar daqueles que ela trouxe ao mundo? Talvez, se ela vir, que também ensine o homem e a mulher a serem pais responsáveis e não chefes de [tribos] digo, pais de filhos!   

 

 

 

Comentários

 

 

              DE_UM_LIKE_75_SWIURL.JPG*

 

newline oportal

 

Editoriais

As taças da ira de Deus  estão prestes a se derramarem sobre a terra! 

Quero fazer um breve relato sobre esta chamada em "Flash”, visto que não vejo a necessidade de escrever um artigo específico sobre o título, bem como também não vou citar referências bíblicas que corrobore com este assunto.

 

Os elementos ardendo  

em breve se fundirão!

Cuidado!

Um corpo terrestre, 

se chocará contra a terra e 

causará repentina destruição. 

 

Leia Mais imagem

 

A falsa doutrina do pré-tribulacionismo  

Qual biblicamente é a mais viável para você? A Meso-tribulação [Arrebatamento no meio da tribulação] ou a Pós-tribulação? [Arrebatamento depois da tribulação] Em qual delas acontecerá o Arrebatamento da Igreja! Será antes da tribulação? Reflita! Leia Mais  imagem

 

 

  Reflexão do O Portal

         2013

O oitavo Rei foi eleito.

A besta que era e já não é, é também o  oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição Apocalipse cap. 17 - 11.

E o sangue de muitos inocentes ainda haverá de ser derramado.              

Guerreiros feridos são condecorados com Láureas de sangue.

Os soldados do Exército do Rei dos Reis, porém herdarão uma coroa de ouro, e a vida eterna.

A Nova Ordem Mundial está chegando e virá para cumprir o seu dever a rigor.

Quem quiser se livrar dela terá que aceitar a sua marca. 6 6 6 em troca da sua alma.

Revelação 13. 1 – Vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] 7. Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. “Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”

Yeshua.

 O ultimo, o Rei dos reis é o próximo, e está vindo, espere por Ele mesmo que  isto lhe custar a própria vida.

"Permaneça fiel até a morte, e Eu lhe darei a Vida como Coroa. Revelação 2.10.

Yeshua".

 

Leia o Artigo: O sétimo milênio e o fim da humanidade.

Oriente-se.

 

Por: Cornelio A.Dias

Março de 2013.

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 TAUEZEQ94_tsp.png

 

 

 

  Ler um   é:

Armazenar Informações;

Desenvolver a Intelectualidade;

Ampliar os Horizontes;

Compreender o Mundo;

Comunicar-se com o Próximo;

Escrever Corretamente;

Relacionar-se melhor com o Outro!

 Ler uma  é:

Armazenar Ensinamentos;

Desenvolver o Conhecimento;

Ampliar a Espiritualidade;

Compreender a DOUTRINA;

Comunicar-se com JESUS

Escrever a VERDADE;

Relacionar-se melhor com DEUS. 

IMAGEM TEXTO

Ore conosco ao som de belos louvores;

Chore aos pés feridos do Pai!

A tristeza logo passa, não demora.

Ele vos envolve e vos consola, 

Em seus braços, faz-vos descansar.

O Portal

Abra esta Porta de Meditação, Louvor e Oração,

clique aqui em:

Bíblia Online e Seleção de Louvores

e deixa Deus falar ao seu coração!

IMAGEM TEXTO

 

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png  

 

 

 Leia Mais imagem 


Com: Paz seja convosco
Graça e Paz
A Paz do Senhor
Paz da parte... do Senhor
Paz de Deus
Shalom
Shalom Adonai
Bom dia; Boa Tarde; Boa Noite Irmão
Nenhuma da anteriores

Feedjit

 

Download

Descrição:

Bíblia Sagrada Digital

MediaFire – Down

 Jogo Show do Cristão

MediaFire – Down

Biblia Sagrada + jogo show do cristão + caminho estreito

MEGA – Down 

topo