Translate this Page
Arrebatamento
Você acha que o Arrebatamento da Igreja será:
No meio da Tribulação
Depois da Tribulação?
Durante a Tribulação
Antes da Tribulação?
Não sei responder!
Ver Resultados


Rating: 2.1/5 (361 votos)




ONLINE
2




Partilhe este Site...





O Portal da Teologia 

Indice Mapa do Site Avançado
Busca O Portal

 Ychzek'el [Ezequiel] 9.3-4

O PORTAL DA TEOLOGIA

A marca de Cristo. 

3. Então a Glória do Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura

4. Adonai lhe disse: "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".  

 Atenção: O Arrebatamento da Irmã Vilma - Assista aqui em [Vídeos e Nova Era] Cuidado com a sua Alma! 

 

Graça e Paz em Cristo → A todos os Leitores → Sejam bem vindos → No nome de Jesus!  Comentem os artigos → Iniciem discussões sobre os temas → O Moderador. 06.04.2014 

 
OPorTAU.png

Atualize o seu navegador - novo domínio 

http://www.oportaldateologia.org/ 

O Portal:

 

 

oportal@oportaldateologia.org 

cliqueimagem 

OPorTAU.png 

Pedido de Oração  

 

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

 


O Portal da Teologia autoriza a republicação de todos os artigos do site na íntegra, desde que cite a fonte de origem.  


Porque sou Cristão?
Porque sou Cristão?

Porque que sou cristão?

 

O conhecimento e a sabedoria teorética provam que o humano nada sabe e nunca será capaz de aprender por ele mesmo, sobre quem ele realmente é. 

O saber empírico e o teorético são antônimos, a experiência não é produto da ciência, ela é o viver o fator, que é aquilo que faz o algo ser, a teoria é hipotético, ela não encerra nada em si, por isso é contestada, transformada e adulterada para abrir parâmetros para novas interpretações, a fim de justificá-la. 

E ser cristão é ser: humano, ou ser humano é ser cristão? 

Para justificar esta questão, é necessário observar o pensamento gnóstico mais significativo alcançado pela vertente heterodoxa do cristianismo primitivo; e pensar como, para ser compreender por que.

Antes do cristianismo, o ser humano era: Fariseus, Saduceus; Samaritanos; Essênios; Herodianos; Zelotes; Sicários; Publicanos; e neste contexto, o cristão não é ser “humano” e o ser humano não era cristão, alguns grupos eram judeus outros não. 

O que distinguia um do outro não eram o conhecimento e a sabedoria teorética sobre aquilo que entendiam ser, a relação entre estes humanos era amistosa, o viver o fator, que é aquilo que faz o algo ser, determinava pelo saber empírico, o fato em que se apoiavam através das experiências vividas, para se auto-definirem. 

No centro deste emaranhado e complexo de fatores empíricos, surge uma nova corrente não teorética, divergente de todas as existentes, que denominaram cristianismo. 

Este cristianismo era uma corrente gnóstica, que outorgava para si, a origem de tudo, ela fundamentava-se na sabedoria e conhecimento pessoal de Cristo, um ser Humano diferente em termos, atípico dos demais deste contexto histórico, porque Ele não era partidário de nenhum dos grupos étnico-religiosos-políticos, mas, afirmava ser por todos eles na individualidade humana. 

Esta corrente gnóstica defendia a sabedoria e o conhecimento de Cristo, que era superior a capacidade do raciocínio humano-biológico.

♦ A sabedoria e o conhecimento deste Cristo-Humano, não eram empíricos e nem teorética, e isto se justifica pelo fato de que nenhum ser humano-biológico contemporâneo Seu, conhecia o Fator, que é aquilo que faz o algo ser, que era Ele próprio e estava Nele antes da sua humanidade - enquanto Verbo - portanto de origem desconhecida, cuja, ♦ Aquele Humano expressava através de um paradigma incompreensível. 

A sabedoria e o conhecimento do ser - Cristo-Humano - não tinham paralelo algum com a do ser humano-biológico; e para conduzir este semelhante ao seu estado-homem [condição], ao principio da compreensão para entender quem ele [humano-biológico] era, Ele [Cristo] permitiu que o humano vivenciasse este seu fator diferenciado, ensinando-o aquilo que faz algo ser, através da experiência. 

Pedro provou esta experiência ao andar sobre as águas quando aprendeu aquele novo Fator, o do Cristo-Humano. 

Os discípulos faziam os mesmos milagres que Ele fazia, após a sua ascensão, todos aprenderam este Cristo, vivendo e praticando o Fator adquirido depois do aprendizado. 

Primeiro Cristo estigmatizou a sabedoria e o conhecimento teorético humano, e anulou o empírico, por isto não o compreenderam, e não Lo entendem até hoje.

O conhecimento e sabedoria empírica e teorética, tipicamente humana, Para Ele, era simplesmente loucura.

Este era um dos fatores do Cristo-humano, a transformação dos discípulos começou quando eles decidiram obter, aquela sabedoria e conhecimento que somente podia encontrar naquele Cristo-Humano. Ele revolucionou os intelectuais do seu tempo, isto é, Ele agitou emocionalmente / moralmente - perturbando lhes os seus espíritos. 

Cristo afirmou que tudo o que fazia, todos poderiam fazer e melhor que - e afirmou não ter vivido o Fator, Ele o criou, aquilo que fazia ser o que Ele era, uma versão humana modificada. 

Tudo o que faz o algo ser, o é por Ele; Sua criação, permissão e domínio, o que antes foi, [a.d.C] é [no contexto Cristo presente] seria, [nosso contexto], e será no Seu contexto futuro e milenar; o Fator era Ele - o Cristo-Humano, eis a diferença entre Ele e o fator humano-biológico-gerado. Ele não foi gerado, apenas adotou o fator humano.

O fator humano é o: [pecado + morte = finito] Fator Homem, contanto: ser  [puro + vivo = eterno] este é o Fator Cristo - [ter vida eterna].

Embora o Cristo-Homem não tenha sido gerado Ele foi semelhante a nós os humanos. Ele foi o fator humano acima pela nossa semelhança, nós nos tornamos humanos porque pecamos; Ele porém, porque tomou sobre Si todo o pecado da humanidade.

Ao despir-se do pecado humano, tornou-se o Cristo-Homem. Alguns desinformados alegam que Ele foi 100% homem e 100 %Verbo.

Estúpida ignorância bíblica, tola sabedoria e conhecimento empírico e teorética.

Se Cristo tivesse sido Homem/Deus na mesma proporção, o pecado da humanidade não poderia recair sobre Ele, porque a santidade não pode ser diluída na pecaminosidade, porém a contaminação na purificação sim; Naamã foi um exemplo, e o mesmo Rio Jordão que o purificou, Deus também purificou o Cristo-Humano, para nele purificar todos os que Nele crerem e o receber. 

O pecado sim pode ser diluído no santíssimo, por isto Ele é o Fator.

Cristo veio puro, contaminou-se ao tomar para Si o pecado humano, Deus o santificou, e Nele santificou eu e você, mas, Ele não veio no Verbo; apenas humano, tornou-se Homem!

Por isto é que Cristo diz: "Sedes santos como Eu sou Santo". Este é o Fator, [santidade]. Se viesse no Verbo, Ele seria igual ao Espírito que sobreveio a Ele, bem como seria superior a própria água, portanto, João Batista, não precisaria ter vindo anunciar a sua chegada na esfera humana, à água não teria efeito, porque não se limpa o que é puro, não se lava o limpo. 

A cruz não suportaria ser o instrumento de suplício, basta deduzir: como é que ela poderia matar O Imortal?

Como a morte poderia vencer a Vida?

Isto pode acontece na mitologia onde os deuses nascem da criação da mente humana, quem cria pode matar, estes deuses portanto são mortais tais como os seus mentores.

Este Fator, o conhecimento empírico teorético não sabia que existia, por não ter vivido e nem experimentado.

Ele viveu plenamente o humano - sem pecar.

Por isto morreu, para o humano morrer com Ele e Deus o ressuscitar - assim como fará à todo aquele que morrer após aprender viver o Fator Cristo, como fez os Apóstolos, este; Deus também o ressuscitará, e breve; a Parúsia está próxima de se tornar realidade. Ele disse para a mulher samaritana - se beber da água que Eu te der, nunca mais terá sede! Estava falando de Si mesmo.

Nesta ocasião Ele já estava superior a água, a vida já fluía Nele, mesmo antes da morte, mas, mesmo assim habitou por três dias no campo dos mortais antes de ressurgir, porque o pecado haveria de ser consumido, porque na água apenas foi consumado. Esta era a sua sabedoria, aquela que o humano-biológico não tinha por ainda não ter vinda da sua origem.

Para adquiri-la, precisa conhecer, aprender e viver o Cristo-Homem. Cristo é antes durante e depois da criação, até após a extinção humana se consumir quando irá assumir o fator homem-eterno e divinizado.

Na fusão eterna da Imagem e da Semelhança, seremos o Cristo-Homem.

Porque seremos o Cristo-Homem?

Porque haveremos de ser eternamente a sua Imagem e Semelhança, e o Fator Cristo Ele deixou como herança para todo aquele que Nele crer, o aceitar e vivê-Lo.

Ao ascender ao Céu, voltou ao Verbo novamente, herdou o Trono do Pai, que Lhe todo o poder no Céu e na terra. 

Quando a questão é: Porque sou cristão? Porque sou o Fator Cristo. 

É impossível se tornar o Fator Cristo sem se despir do fator humano.Porque é difíicil tornar-se Cristo-Homem?

Porque o fator humano é o que somos: [pecado + morte = finito] e para ser Cristo-Homem, precisamos nos tornar o Fator Homem, contanto ser:  [puro + vivo = eterno] este é o Fator Cristo - [ter vida eterna]. 

O Apóstolo Paulo disse: - o meu viver é Cristo - quando aprendeu a ser o Fator Cristo, ele deixou de viver o humano, tornando se semelhante a Cristo quando se fez homem e entre eles habitou por três dias.

Cristo se fez homem após se despir da essência humana, purificando-se do pecado herdado, e morrendo para tornar Vivo no Eterno Verbo.

Ele era o Fator Deus quando Verbo, e criando o homem a sua imagem e semelhança, surgiu então no jardim o fator original [homem]; ao perder a imagem no Éden, restou apenas à semelhança, - [humana] – por isto Cristo se despiu da sua divindade deixou temporariamente de Ser o Verbo [Fator] se tornando humano; para resgatar o homem perdido. 

Vindo habitar com o humano, Ele revelou um conjunto de fatos que somente pode ser conhecido através da experiência, por intermédio das faculdades sensitivas [Espírito Santo] porque é Ele que revela o pecado oculto e testifica o arrependido, e não pela lógica ou racionalidade.

Somente após experimentar esta vivência por Ele constituída, é que o humano será capaz se fazer morrer a velha criatura e tornar-se  no Cristo-Homem.

Veja o que o próprio Deus diz: -"Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles." Onde estarão os humanos no dia em que está declaração for proferida pela boca de Deus?

Onde você estará nesta ocasião?Sentir ser o Cristo-Homem será viver esta experiência última, mas, não da forma como o humano a compreende, porque ele não a conhece. 

Fez-se humano pelo humano, levou o seu pecado sobre Si, consumou perdoando-o; ao despir-se do pecado humano na morte, a sua Semelhança e Imagem voltaram a ser o Verbo despido antes da cruz, e agora  Cristo-Homem por experiência vivida, deu espontaneamente ao ser humano o direito de ser tornar o Fator Homem como Ele É.

A partir de então o ser humano que era: Fariseu, Saduceu; Samaritano; Essênio; Herodiano; Zelote; Sicário; Publicano; naquele segundo contexto, abandonou a sabedoria empírica e teorética e aprendeu através do paradigma Cristo a viver o Fator semelhante ao Dele, que é aquilo que faz o algo ser. 

O humano compreendeu que podia voltar a se tornar a Imagem e a Semelhança do Cristo-Homem que havia perdido - aquela que aquele ainda humano quis expressar através de conceitos, cujos, pelo humano incompreensíveis e desconhecido, porém agora, revelado.

O cristão não é ser “humano” e o ser humano não é cristão, o humano é o fator "escravo", - cristão é a restauração do humano através da recuperação do Fator perdido, aquilo que o homem liberto herda quando  aceita ser aquilo que lhe faz ser, o fator, Cristo-Homem, ao adquirir a nova estrutura, aquela original da criação quando o primeiro erro despiu-lhe a imagem do Verbo. 

Como isto é possível? Primeiro o humano deve aprender; vivendo de forma a adquirir a experiência que lhe irá transformar em Cristo-Homem [ex natureza humana], segundo: adotar o paradigma do Cristo-Homem. 

Para obter a experiência do Cristo-Homem, é necessário seguir e vivenciar o paradigma que Ele veio viver para servir de exemplo, ou seja, tê-lo como modelo de vida. 

Reconhecer que é pecador, porque perdeu a imagem divina. Cristo fez isto, porque com o pecado do humano sobre si, tornou-se o maior pecador de toda a história da humanidade, não porque pecou, mas porque todos os pecados humanos tornaram se seus e ficaram no batismo de João se consumou, sobre Ele na cruz, a morte consumiu-os.

Por isto o seu batismo por João não foi simbólico, quando foi mergulhado, este ato tornou se o paradigma da purificação, e purificado e sem pecado o Espírito Santo veio sobre Ele, - não podia vir antes pelo estado pecaminoso que experimentava – ao subir na cruz morreu para o mundo, - fator pecado – e consumiu a morte do humano restabelecendo a Antiga Aliança entre o Verbo e o Homem-Imagem.

Então o humano tem que admitir seu pecado, desistir de praticá-lo, purificar-se no batismo, receber o Espírito Santo para a consumação do fator, e daí sim, você é um homem-cristão ou o Cristo-Homem.

O homem pode voltar ao antigo fator humano, após este processo, quando? 

Ao voltar a perder novamente a essência do fator Cristo-Homem, tornando ao antigo estágio de ser apenas humano, e isto se dá através de voltar a praticar todos os mesmos erros do passado somados aos do presente, de antes do arrependimento e da purificação.

Por isto a Bíblia diz, - “sem santidade ninguém verá a Deus” – porque o humano para encontrar-se com Ele precisa adotar a sua imagem e semelhança tornando se Cristo-Homem, esta que se perde a menor e mais insignificante pratica pecaminosa, porque não há pecado em escala maior ou menor. Ex: uma pequena mentira, ódio, calunia não arrependida é um pecado tão grave quanto é um homicídio, para Deus. 

Muitos anulam o sacrifício de Cristo dizendo que todos serão libertos apenas pela graça salvífica do Cristo-Homem, querendo anular o Fator Cristo e o seu paradigma.

Sendo assim basta crer e ser batizado e ser salvo! Para este modelo de fator humano, a condição é esta e única e o que você vai continuar fazendo ou não, estes fatos não tem valor, portanto, é impossível a sua alma se perder, na segunda morte. 

Sendo assim, Cristo veio aqui então apenas para tirar umas férias do céu, mas, não escapou da violência urbana da sua época. Este é o gnosticismo anticristão, ou heresia.

Porque sou cristão? Porque aprendi ser o homem-Cristo, fui despido do humano por Ele, adotei o paradigma do Cristo; insisto viver a experiência que Ele ensinou e viveu, ela é o viver o Fator, que é aquilo que faz o algo ser; o Fator Cristo.

Tento viver este Fator, a do Cristo-Homem.

Tive restaurado novamente a imagem e a semelhança perdida, pelo humano após o Éden.

Sou novamente o homem, conforme o paradigma de Cristo, ou seja, busco viver a maneira como Ele viveu ao despir-se do humano no pecado.

Procuro ser o modelo que Ele É; por isto eu digo não - ser cristão não é ser humano, ou ser humano não é ser cristão, ser cristão é ser como Cristo-Homem.Isto me assegura ser um Eleito à ouvir da boca de Deus: - "Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles." 

Você que se julga ser fiel a Deus, tem coragem de saber se é um verdadeiro cristão?Tente ouvir algum relato de pessoas que foram arrebatadas ao Céu e ao inferno, e veja onde se você se enquadra.

Multidão de pessoas que estão na igreja hoje, cheio de vida e saúde, já estão com as suas almas no inferno antes de morrerem.

Saiba porque os cristãos estão indo para o inferno todos os dias,e  diretamente da igreja, isto por quase nada [pecados simples, costumes e práticas insignificantes, erros pequenos] nada assim tão grave.

Quem sabe se uma daquelas almas que já estão lá, não é a sua?

Pense nisto!           

 

Por isto é que sou cristão.

Cornelio dias

 

 

Revisão Julho 2016

Em Cristo.

Shalon.

Por Cornelio A.Dias  

 

"Feito perfeito, é imperfeito; como criação, o meu eu; natureza humana! C. A. Dias.

 

 

              

 

 

Comentários

Licença Creative Commons
Porque sou Cristão?
do Teologo Cornelio A.Dias está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Não Comercial - Sem Derivações 4.0 Internacional. Baseado no trabalho disponível em http://oportaldateologia.org/porque-sou-cristao Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em mail cornelio.a.dias@oportaldateologia.org

newline oportal

 

Editoriais

As taças da ira de Deus  estão prestes a se derramarem sobre a terra! 

Quero fazer um breve relato sobre esta chamada em "Flash”, visto que não vejo a necessidade de escrever um artigo específico sobre o título, bem como também não vou citar referências bíblicas que corrobore com este assunto.

 

Os elementos ardendo  

em breve se fundirão!

Cuidado!

Um corpo terrestre, 

se chocará contra a terra e 

causará repentina destruição. 

 

Leia Mais imagem

 

A falsa doutrina do pré-tribulacionismo  

Qual biblicamente é a mais viável para você? A Meso-tribulação [Arrebatamento no meio da tribulação] ou a Pós-tribulação? [Arrebatamento depois da tribulação] Em qual delas acontecerá o Arrebatamento da Igreja! Será antes da tribulação? Reflita! Leia Mais  imagem

 

 

  Reflexão do O Portal

         2013

O oitavo Rei foi eleito.

A besta que era e já não é, é também o  oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição Apocalipse cap. 17 - 11.

E o sangue de muitos inocentes ainda haverá de ser derramado.              

Guerreiros feridos são condecorados com Láureas de sangue.

Os soldados do Exército do Rei dos Reis, porém herdarão uma coroa de ouro, e a vida eterna.

A Nova Ordem Mundial está chegando e virá para cumprir o seu dever a rigor.

Quem quiser se livrar dela terá que aceitar a sua marca. 6 6 6 em troca da sua alma.

Revelação 13. 1 – Vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] 7. Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. “Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”

Yeshua.

 O ultimo, o Rei dos reis é o próximo, e está vindo, espere por Ele mesmo que  isto lhe custar a própria vida.

"Permaneça fiel até a morte, e Eu lhe darei a Vida como Coroa. Revelação 2.10.

Yeshua".

 

Leia o Artigo: O sétimo milênio e o fim da humanidade.

Oriente-se.

 

Por: Cornelio A.Dias

Março de 2013.

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 TAUEZEQ94_tsp.png

 

 

 

  Ler um   é:

Armazenar Informações;

Desenvolver a Intelectualidade;

Ampliar os Horizontes;

Compreender o Mundo;

Comunicar-se com o Próximo;

Escrever Corretamente;

Relacionar-se melhor com o Outro!

 Ler uma  é:

Armazenar Ensinamentos;

Desenvolver o Conhecimento;

Ampliar a Espiritualidade;

Compreender a DOUTRINA;

Comunicar-se com JESUS

Escrever a VERDADE;

Relacionar-se melhor com DEUS. 

IMAGEM TEXTO

Ore conosco ao som de belos louvores;

Chore aos pés feridos do Pai!

A tristeza logo passa, não demora.

Ele vos envolve e vos consola, 

Em seus braços, faz-vos descansar.

O Portal

Abra esta Porta de Meditação, Louvor e Oração,

clique aqui em:

Bíblia Online e Seleção de Louvores

e deixa Deus falar ao seu coração!

IMAGEM TEXTO

  

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png

 

 

 Leia Mais imagem 


Com: Paz seja convosco
Graça e Paz
A Paz do Senhor
Paz da parte... do Senhor
Paz de Deus
Shalom
Shalom Adonai
Bom dia; Boa Tarde; Boa Noite Irmão
Nenhuma da anteriores

Feedjit

 

Download

Descrição:

Bíblia Sagrada Digital

MediaFire – Down

 Jogo Show do Cristão

MediaFire – Down

Biblia Sagrada + jogo show do cristão + caminho estreito

MEGA – Down 

topo