Translate this Page
Arrebatamento
Você acha que o Arrebatamento da Igreja será:
No meio da Tribulação
Depois da Tribulação?
Durante a Tribulação
Antes da Tribulação?
Não sei responder!
Ver Resultados


Rating: 2.0/5 (216 votos)




ONLINE
6




Partilhe este Site...





O Portal da Teologia 

Indice Mapa do Site Avançado
Busca O Portal

 Ychzek'el [Ezequiel] 9.3-4

O PORTAL DA TEOLOGIA

A marca de Cristo. 

3. Então a Glória do Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura

4. Adonai lhe disse: "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".  

 Atenção: O Arrebatamento da Irmã Vilma - Assista aqui em [Vídeos e Nova Era] Cuidado com a sua Alma! 

 

Graça e Paz em Cristo → A todos os Leitores → Sejam bem vindos → No nome de Jesus!  Comentem os artigos → Iniciem discussões sobre os temas → O Moderador. 06.04.2014 

 
OPorTAU.png

Atualize o seu navegador - novo domínio 

http://www.oportaldateologia.org/ 

O Portal:

 

 

oportal@oportaldateologia.org 

cliqueimagem 

OPorTAU.png 

Pedido de Oração  

 

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

 


O Portal da Teologia autoriza a republicação de todos os artigos do site na íntegra, desde que cite a fonte de origem.  


O que posso fazer com a minha preocupação?
O que posso fazer com a minha preocupação?

O que eu faço com a minha preocupação?

Embora a luta com as preocupações não seja algo que possa ser resolvido por respostas simplistas ou remédios de ação imediata, a Bíblia nos oferece perspectivas de verdade e graça que podem nos ajudar a superá-las e nos colocar num relacionamento com o Deus que nos ama e cuida de nós em nossos momentos de necessidade e medo.

A Bíblia reconhece tudo o que já experimentamos.

Há dois tipos de preocupações:         

•      Uma: negativa, prejudicial e incapacitante, 

•      Outra: positiva, benéfica.

No Novo Testamento a mesma palavra grega merimnao é usada para ambos os tipos de preocupação.

Na Bíblia, a preocupação negativa é uma ansiedade que faz concentrar os nossos pensamentos tanto nas preocupações sobre as quais nada podemos fazer, quanto em situações que nos distraem de descansar na capacidade de Deus em atender as nossas necessidades. Jesus mencionou seis vezes tais preocupações em Seu Sermão do Monte (Mateus 6). Ele ensinou os Seus seguidores a crer que o Pai celestial queria que confiassem nele um dia de cada vez, até mesmo pelas preocupações mais comuns da vida (vv.25,34).

Mas nem todas as preocupações são ruins. A Bíblia aborda também a preocupação saudável que origina atitudes de valor e oração. No livro de 2 Coríntios 11:28, por exemplo, Paulo expressou-se sobre a sua profunda “... preocupação com todas as igrejas". A palavra aqui traduzida como preocupação é a mesma palavra grega que ele e outros escritores do Novo Testamento utilizaram quando advertiram contra a ansiedade que consome o indivíduo (Filipenses 4: 6, 1 Pedro 5:7).

 Paulo também falou aos cristãos em Filipos sobre o seu desejo de enviar-lhes o jovem Timóteo porque ele estava preocupado com (a mesma palavra grega) o bem-estar deles (Filipenses 2: 19 - 20).

Ao permitir que as preocupações nos façam voltar a nossa atenção para Deus, as fazemos agir em nosso favor Embora a luta com as preocupações não seja algo que possa ser resol­vido por respostas simplistas ou remédios de ação imediata, a Bíblia nos oferece perspectivas de verdade e graça que podem nos ajudar a superá-las e nos colocar num relacionamento com o Deus que nos ama e cuida de nós em nossos momentos de necessidade e medo.

 

 

Permita que as preocupações concentrem a nossa atenção em Deus.

 

Quando nos preocupamos, concentramo-nos nas possibilidades que ainda não aconteceram ou que estão além do nosso controle. No entanto, precisamos perceber que este é o nosso momento de oportunidade. Na fraqueza de nossos temores, temos motivos para buscar a segurança da presença de Deus, na certeza de que nada acontece em nossas vidas sem o Seu conhecimento, e pela oportunidade de aceitar a Sua oferta para ser a nossa força, a nossa esperança, e a nossa paz, independente do que acontece. Temos esta segurança ao colocarmos a nossa atenção no caráter, revelado em Sua Palavra.

 

 

Lembre-se de que Ele está no controle.

O Antigo e o Novo Testamento demonstram que nada que acontece neste mundo está além do controle e do conhecimento de Deus. Dessa forma, as Escrituras declaram: "Nos céus, estabeleceu o SENHOR o seu trono, e o seu reino domina sobre tudo" (Salmo 103:19). Ele é o Deus Todo-poderoso (Salmo 66:7). Ele é o Senhor soberano de todos. Quando nos preocupamos, na verdade, reconhecemos que não somos suficientes para resolver as exigências da vida. Está acima de nós. Este é o nosso momento de recordarmos algumas verdades importantes sobre Deus.

1. Deus está em todo lugar (Salmo 139:7; Jeremias 23:23-24). Não podemos ir a nenhum lugar onde Deus não esteja. Não há lugar, por mais solitário que nos sintamos, no qual Deus não possa estar. Ele está em todo lugar!

2. Deus sabe todas as coisas (Jó 7:20; Salmo 33:13-14). Ele sabe que temos medo, que nos sentimos mal, e o que nos assusta. Quanto mais nos preocupamos, mais agimos como se Deus ignorasse a nossa situação. Não sabemos o futuro, porém Deus o conhece. Ele conhece as nossas necessidades.

3. Deus é Todo-poderoso (Genesis 17:1;18:14; Mateus 19:26). Os que se preocupam crêem que ninguém tem o poder de deter as coisas más que poderiam acontecer. Nem mesmo Deus os pensa; pode evitar que a sua filha engravide ou que o seu filho saia da prisão. Mas o poder de Deus é ilimitado e Ele tem Suas sábias razões para permitir o que acontece em nossas vidas.

A resposta para a pergunta: "Acaso, para o SENHOR há coisa demasiadamente difícil?" (Genesis 18:14), é não!

William Bacus, em seu livro The Good News About Worry, (As boas-novas sobre a preocupação) escreveu a respeito de seu cunhado, um atleta que estava hospitalizado, se recuperando de uma angioplastia. A intervenção tivera êxito, mas ele permaneceu em perigo nas 24 horas que se seguiram. Ele estava preocupado! Quando se encontrava ali acamado, disse: "Sou um atleta. Sempre consegui que o meu corpo fizesse o que eu queria e o meu corpo respondia. Mas quando digo para mim mesmo que devo parar de ficar ansioso e me estressar, não consigo." Quanto mais dizia para si mesmo que devia controlar a ansiedade, pior ficava.

Em seguida, foi como se Deus lhe falasse. "Quem é o responsável aqui?" "É você," ele respondeu mansamente. E quando esta verdade e este compromisso com Deus atingiu a sua mente, a paz inundou o seu coração.

Creia que Ele pode carregar os nossos fardos.

As preocupações da vida que pesam fortemente sobre nós precisam ser colocadas nos ombros de Deus. No melhor sentido, Deus está mais preocupado do que nós sobre a nossa saúde, nosso trabalho, nossos amigos, nossa família e nossa nação.

O Deus da Bíblia ajudou Davi a matar o urso, o leão, e o gigante filisteu. Ele o protegeu das fúrias assassinas de Saul. Ele o manteve em segurança no território inimigo. Talvez por essa razão Davi pudesse escrever "Confia os teus cuidados ao SENHOR, e ele te susterá; jamais permitirá que o justo seja abalado" (Salmo 55: 22).

Mas como entregamos os nossos cuidados a Deus? Como colocar e deixá-los em Seus ombros? A resposta a isso não consiste no que estamos fazendo, mas em que estamos crendo em determinado momento. Estamos confiando em nossos sentimentos? Ou cremos, com base no que vimos no mundo ao nosso redor e na sabedoria da Bíblia, que o amado de nossas almas é o Deus Todo-poderoso e digno de confiança? Cremos honestamente que a preocupação é a melhor maneira de honrá-lo? Ou cremos, verdadeiramente, que permitir que Deus afaste as nossas preocupações em certo momento seja a melhor maneira para confiarmos nele?

Mas, como vimos antes, e se nossos medos estiverem enraizados em experiências passadas ou em doenças além de nossa capacidade de entender ou controlar? A resposta não precisa ser contrária à nossa fé. Se, no processo de tentarmos entender os nossos medos, sentiras a necessidade de ajuda médica ou de um sábio conselheiro, esta pode ser a maneira de Deus nos ajudar. O Deus de toda a Bíblia é o mesmo Deus de toda a criação e Ele pode usar um sábio conselheiro ou um médico como parte de Sua provisão, à medida que Ele nos ajuda a confiarmos nele em meio às nossas preocupações.

Um amigo me relatou que caminhava junto a uma praia salpicada de pedras. À sua frente um garoto tentava carregar um saco e pedras que havia ajuntado. Ele não conseguia acompanhar a sua família. Caiu uma ou duas vezes, pois não tinha a energia suficiente ara arrastar aquela carga pesada. Foi então que o seu irmão mais velho viu. Ele voltou, levantou-o junto com o seu saco de pedras, e os carregou. É isso que Deus está esperando fazer conosco, uma vez que lhe estendamos nossas mãos. "Entrega o teu caminho ao Senhor, diz o salmista, confia nele” (37:5).

Reconheça que Ele é maior do que os nossos temores.

A preocupação é a forma de expressarmos o nosso temor do futuro. Tememos as consequências do que está adiante. O que o médico dirá? Será que a nossa cidade vai sobreviver uma economia em frangalhos, um terremoto, um furacão?

Quando pensamos sobre isto, percebemos que nos preocupamos há muito tempo. Começou no Jardim do Éden. Tão compreensível quanto prejudicial, Adão e Eva esconderam-se de Deus entre as árvores e cobriram-se de folhas. Eles tinham razão em ter medo das consequências de sua escolha em comer o fruto proibido (Genesis 3: 10). O que Deus faria?

Mais tarde, quando Deus lhes perguntou por que eles tinham se escondido, Adão respondeu: "tive medo".

Em retrospectiva, agora podemos ver o que os nossos primeiros pais não podiam. Mesmo após atraírem tantas perdas a si mesmos, se eles tivessem reconhecido o seu erro e se entregue debaixo da misericórdia do seu Deus tão bom e compassivo, teria sido uma reação melhor do que preocupar-se e tentar se esconder da Sua presença.

Sabendo que Deus é um Deus bom — que nenhum mal pode se originar nele — ajuda a afastar o medo, mesmo que tenhamos pecado.

Davi conhecia a bondade e o amor de Deus por experiência própria. Por esse motivo, ele pôde nos dizer que mesmo quando estava no vaie mais escuro da vida, não temia mal algum (Salmo 23:4). No livro de Salmo 31, Davi escreveu sobre experiências pessoais terríveis — sendo abandonado por seus amigos, (vv.11-12) e atacado por seus inimigos (vv.13-15). Todavia, ele podia dizer: "Quanto a mim, confio em ti, SENHOR... (v. 14), e "Nas tuas mãos, estão os meus dias..." (v.15).

Nos também podemos utilizar a preocupação para encontrar no Senhor a razão para dizer “Portanto, não temeremos... “(Salmos 46:2).

Confie que Ele pode nos suster.

Enquanto Davi escrevia sobre guerra, fome e homens perversos, ele afirmou que aqueles que confiam no Senhor "se fartarão" (Salmo 37:19). O sentido básico aqui é que eles não estremecerão; não serão abalados. Em meio às preocupações legítimas da vida, não precisamos estremecer de medo. Por quê? Porque Deus pode nos suster com o Seu poder.

Quando nos sentimos vulneráveis, nos distraímos com as inquietudes que estão na nossa mente. Somos como um pai, cujo filho de três anos está no hospital, lutando contra uma infecção perigosa. Ele vai ao trabalho, enquanto a mãe permanece ao lado da cama da criança. Mas mesmo que esteja trabalhando, uma parte de seus pensamentos sempre está naquele quarto do hospital, com o seu pequeno filho. Toda mãe, que viu seu filho ir para a guerra, conhece este sentimento. Assim ocorre com um pai que vê a sua filha sair pela primeira vez com o seu namorado ou quando o seu filho adolescente chega ao lar tarde com o carro.

Deus pode nos sustentar durante esses períodos de preocupações, não apenas prometendo que nada de mal nos acontecerá, mas lembrando-nos de que fomos feitos para confiar em Deus acima de tudo. Num mundo despedaçado, não temos garantias a não ser a de que Deus é confiável, e Ele, que nos aprofundemos em Seu amor e graça, em cada circunstância que Ele nos dá ou permite vivenciar.

Como vimos anteriormente, foi por esse motivo que Davi escreveu: "Confia os teus cuidados ao SENHOR, e ele te susterá..." (Salmo 55: 22). O Deus que não pode ser removido quer que saibamos que em nossas alegrias, preocupações e ou tristezas, Ele está conosco e pode ser a força que precisamos para cumprir o propósito de nossa existência, o qual é conhecê-lo e confiar nele.

Dependa daquele que nunca nos deixará nem abandonará.

A preocupação geralmente é um medo solitário. Nossa tendência é carregá-la sozinhos. Quanto mais nos preocupamos, mais sós e desamparados nos sentimos. Mas se somos filhos de Deus, nunca estamos distantes dos olhos observadores ou do alcance do nosso Pai.

 Davi também nos assegurou da presença de Deus no Salmo 139, ao afirmar que Deus conhecia tudo a seu respeito, mesmo antes de ele ter nascido (vv.13-16), e que ele nunca poderia se ausentar da presença do Seu Espírito (vv.7-12). Manhã ou noite, terra ou mar, eternidade ou "o mais profundo abismo", Deus está lá.

Sim, Davi reconhecia o cuidado constante de Deus. Ele escreveu: "Porque, se meu pai e minha mãe me desampararem, o SENHOR me acolherá" (Salmo 27:10). Quem de nós nunca teve medo de que nossos pais nos abandonassem quando éramos crianças? Algumas vezes, aqueles terríveis sentimentos nos vêem à mente. Nossos medos nos assaltam de todas as direções. Sentimo-nos tão desamparados e temerosos. É então, nesse exato momento, que precisamos nos lembrar da promessa divina de que Ele nunca deixará nem desamparará os Seus filhos.

Isaías conhecia o cuidado eterno de Deus. O Senhor lhe falou “... não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus..." (Isaías 41:10).

Moisés sabia disso. "Pela fé, ele abandonou o Egito, não ficando amedrontado pela cólera do rei; antes, permaneceu firme como quem vê aquele que é invisível" (Hebreus 11:27).

Josué sabia disso. Deus lhe falou: “... como fui com Moisés, assim serei contigo: não te deixarei, nem te desampararei" (Josué 1:5).

Os discípulos sabiam disso. Jesus lhes disse pouco antes de subir aos céus: “... E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século" (Mateus 28:20).

            Nós também sabemos disso. Quando Jesus deu essa promessa aos Seus discípulos, Ele também estava falando a nós.

Na próxima vez que você estiver sendo dominado pela preocupação, volte-se para Deus e lembre-se que:

 

1º. Ele está no controle

2º. Ele pode levar as suas cargas

3º. Ele tirar o seu tremor

4º. Ele pode sustê-lo

5º. Ele nunca o abandonará.

 

David C. Egner

 

 

Estraído do livreto da série Descobrindo a Palavra, O que posso fazer com a minha preocupação? (GP711)© 2003, 2012, Ministério RBC.

 

 

  •  ComenOP.png [...] Eu aprendi a esperar no tempo do Senhor, e aindo estou esperando,[...] Despreocupado! É reconfortante, sua oração é ouvida, e atendida no tempo de Deus, e que é sempre na hora e no silêncio que atende; Ele nunca atrasa, no momento certo Ele chega e nos acolhe nos seus braços! Descanse tranquilamente, na Paz do Senhor! 

 

 

 

*

Comentários

 

 

              DE_UM_LIKE_75_SWIURL.JPG*

 

*

newline oportal

 

Editoriais

As taças da ira de Deus  estão prestes a se derramarem sobre a terra! 

Quero fazer um breve relato sobre esta chamada em "Flash”, visto que não vejo a necessidade de escrever um artigo específico sobre o título, bem como também não vou citar referências bíblicas que corrobore com este assunto.

 

Os elementos ardendo  

em breve se fundirão!

Cuidado!

Um corpo terrestre, 

se chocará contra a terra e 

causará repentina destruição. 

 

Leia Mais imagem

 

A falsa doutrina do pré-tribulacionismo  

Qual biblicamente é a mais viável para você? A Meso-tribulação [Arrebatamento no meio da tribulação] ou a Pós-tribulação? [Arrebatamento depois da tribulação] Em qual delas acontecerá o Arrebatamento da Igreja! Será antes da tribulação? Reflita! Leia Mais  imagem

 

 

  Reflexão do O Portal

         2013

O oitavo Rei foi eleito.

A besta que era e já não é, é também o  oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição Apocalipse cap. 17 - 11.

E o sangue de muitos inocentes ainda haverá de ser derramado.              

Guerreiros feridos são condecorados com Láureas de sangue.

Os soldados do Exército do Rei dos Reis, porém herdarão uma coroa de ouro, e a vida eterna.

A Nova Ordem Mundial está chegando e virá para cumprir o seu dever a rigor.

Quem quiser se livrar dela terá que aceitar a sua marca. 6 6 6 em troca da sua alma.

Revelação 13. 1 – Vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] 7. Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. “Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”

Yeshua.

 O ultimo, o Rei dos reis é o próximo, e está vindo, espere por Ele mesmo que  isto lhe custar a própria vida.

"Permaneça fiel até a morte, e Eu lhe darei a Vida como Coroa. Revelação 2.10.

Yeshua".

 

Leia o Artigo: O sétimo milênio e o fim da humanidade.

Oriente-se.

 

Por: Cornelio A.Dias

Março de 2013.

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 TAUEZEQ94_tsp.png

 

 

 

  Ler um   é:

Armazenar Informações;

Desenvolver a Intelectualidade;

Ampliar os Horizontes;

Compreender o Mundo;

Comunicar-se com o Próximo;

Escrever Corretamente;

Relacionar-se melhor com o Outro!

 Ler uma  é:

Armazenar Ensinamentos;

Desenvolver o Conhecimento;

Ampliar a Espiritualidade;

Compreender a DOUTRINA;

Comunicar-se com JESUS

Escrever a VERDADE;

Relacionar-se melhor com DEUS. 

IMAGEM TEXTO

Ore conosco ao som de belos louvores;

Chore aos pés feridos do Pai!

A tristeza logo passa, não demora.

Ele vos envolve e vos consola, 

Em seus braços, faz-vos descansar.

O Portal

Abra esta Porta de Meditação, Louvor e Oração,

clique aqui em:

Bíblia Online e Seleção de Louvores

e deixa Deus falar ao seu coração!

IMAGEM TEXTO

  

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png

 

 

 Leia Mais imagem 


Com: Paz seja convosco
Graça e Paz
A Paz do Senhor
Paz da parte... do Senhor
Paz de Deus
Shalom
Shalom Adonai
Bom dia; Boa Tarde; Boa Noite Irmão
Nenhuma da anteriores

Feedjit

 

Download

Descrição:

Bíblia Sagrada Digital

Mediafire – Down

 Jogo Show do Cristão

Zippyshare – Down

Biblia Sagrada + jogo show do cristão + caminho estreito

MEGA – Down 

topo