Translate this Page

Rating: 2.1/5 (2493 votos)




ONLINE
5




Partilhe esta Página





 

Indice Mapa do Site Avançado
Bbusca O Portal

 Ychzek'el [Ezequiel] 9.3-4

O PORTAL DA TEOLOGIA

A marca de Cristo. 

3. Então a Glória do Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura

4. Adonai lhe disse: "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".  

 Atenção: O Arrebatamento da Irmã Vilma - Assista aqui em [Vídeos e Nova Era] Cuidado com a sua Alma! 

 

Graça e Paz em Cristo → A todos os Leitores → Sejam bem vindos → No nome de Jesus!  Comentem os artigos → Iniciem discussões sobre os temas → O Moderador. 06.04.2014 

 

OPorTAU.png 

Pedido de Oração  

 

oportal@oportaldateologia.orgimagem

 
Email:
oportal@oportaldateologia.org

https://www.facebook.com/OPortaldaTeologia

 

 

OPortal da Teologia

autoriza a republicação

de todos os artigos do

site na íntegra desde cite

as fontes de origem.   

 

Descrição:

Bíblia Sagrada Digital

MediaFire – Download

 Jogo Show do Cristão

Mega.nz – Download 

 

                                                                          

 

A Santificação conforme

a Bíblia

Introdução

     
  

 

A Santificação

 

conforme 

 

a Bíblia: Final

 

 Edição em destaque

Destaque Leia31/12/2020 

 


APOLOGÉTICA
APOLOGÉTICA

Apologética. Introdução e fim. 

Por Cornelio A. Dias  2010-10-12 

 

Introdução:

Começando pela origem e a definição, o termo; apologética, teve origem do latim tardio apologetĭcus através do grego ἀπολογητικός e por derivação de apologia também do grego απολογία que significa defesa verbal; portanto, nada escrito é apologética mesmo que defenda uma teoria.

A destruição do conceito original

O Presidente do Brasil é um apologeta. Sempre que defende um argumento contrário e ou a favor ele está exercendo a apologética; quando a sua defesa é verbalizada.

Então ela não pode ser definida como ciência, visto que sempre haverá de ser verbalizada, jamais escrita, pesquisada e outros afins; por isto não é possível ela se tornar restrita a um circulo fechado de estudiosos especialistas em alguma ala do saber científico, salvo exceção se formar uma conferencia para cada um defender apenas verbalmente a sua teoria tida pelo mesmo como a única certa em relação às dos demais participantes.

Porque o rigor de manter a natureza das coisas?

Por exemplo: se uma fórmula é H2O ela nunca será H2O2; se a ciência é empírica não há de ser metafísica nunca.

A ciência consiste no ter conhecimento que tem como base a informação que é a noção precisa e consciente daquilo que se compreende através do raciocínio lógico e do exato resultado de um estudo ou pesquisa; ou seja, ela é objetiva, portanto, pode ser examinada.

A apologia é baseada na experiência e na observação exposta oralmente e não através de algum conhecimento adquirido por meio de alguma metodologia científica através da escrita; assim como o objeto de estudo da filosofia é o pensamento; visto que se assim fosse ela seria apenas um saber restrito ao domínio exclusivo de uma ala de domínio do segmento cientifico acadêmico.

Ela na esfera teológica propõe demonstrar a verdade da própria doutrina, defendendo-a de teses contrárias apenas em debates e seminários verbalizados.

Se uma idéia for escrita ela deixa de ser apologética. Ela é a defesa verbalizada de um pensamento sempre no campo da idéias.

Este é o ponto central que a ala acadêmica geral não obstante a teologia protege a sete chaves o simples significado do termo para não se tornar popular, formal ou explícito, isto é; visando valorizar mais à aparência do que o conteúdo, para desta forma tornar este termo restrito do senso comum.

E assim surgiu a figura personificada do *exegeta* com sendo alguém com exímio conhecimento restrito apenas ao segmento acadêmico, quando na verdade o próprio significado do termo contradiz por si mesmo conforme a sua origem gramatical.

Esta contradição premeditada evoluiu visando reinterpretar ou ressignificar o termo para dar uma conotação ou sentido diferente; para então criar um novo tipo de especialista na área do saber; para então a partir da inversão do radical do termo original criar a tipificação do intelectual apologeta; que a partir de então deixou de ser qualquer pessoa capaz de fazer a sua defesa verbal; de uma idéia ou um escrito qualquer oralmente sobre qualquer tese ou a teoria em si seja ela escrita ou não.

Portanto: a apologética não pode evoluir teoricamente além da uma introdução; visto que ela uma defesa estritamente verbal e não escrita.

A partir desta problemática um assunto qualquer em debate ele antes tem que ser um estudo ou algum tema escrito, daí então ele pode ser defendido, contrariado, modificado ou contradito apenas através de opiniões; ou seja, de apenas verbalizado ou expresso oralmente.

Nada que é registrado através da escrita é apologética. Aqui termina a introdução e a definição de apologética.

Todos somos apologetas natos, sempre estamos fazendo uma defesa verbal conforme a nossa perspectiva sobre algo; basta apenas colocar em pauta um assunto e debater; que haverá diversas contradições conforme o contexto individual.

Este típico apologeta que registra as suas opiniões ou defende a sua ótica através da escrita não existe.

A apologética esta ligada a hermenêutica através da interpretação do texto legal; porém, verbalizada; como por exemplo, quando a partir de um esboço o preletor fizer uma defesa verbal dele, ou seja, não pode ser um ensino, ele tem que defender a idéia central do texto para o publico ouvinte.

Isto ocorre naturalmente em debates onde várias pessoas debatem um assunto em pauta numa discussão, é neste o contexto onde cada um defende a sua linha de pensamento que a Apologética está sendo praticada na integra.

Entretanto: este estudo ele encerra nele em si mesmo; e apenas a partir do momento em que ele foi for posto em pauta para numa discussão; aquele estiver defendendo lhe no um debate do contraditório, aquele que defender este dos contrários; apenas ele(s) estará (ao) exercendo a apologética no estrito sentido da definição original do próprio termo, que é apenas a defesa verbal e não a acusação, contradição e etc.

Isto vai além da estupidez humana quando a igreja “X” anuncia por meses antecipado a apresentação de um *Apologeta de renome Internacional*. Não exixte este protótipo.

E não dia da exposição do ilustre ao invés do cenário preparado ser uma arena para um debate sobre algum ponto fundamental que ele defende; o convidado apresenta um estudo com direito a “Data Show”.

Este é o fim. E assim de forma prematura termina a importante Apologética. Fora disso tudo não passa de mera especulação ou a distorção sem fundamento teórico do termo; apologética. 

Em Cristo.

Shalom

 

"Feito perfeito, é imperfeito; como criação, o meu eu; natureza humana! C. A. Dias. 

 

Apologética: introdução e fim do Teologo Cornelio A.Dias está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Não Comercial - Sem Derivações 4.0 Internacional. Baseado no trabalho disponível em http://oportaldateologia.org/apologetica-introducao-e-fim Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em mail oportal@oportaldateologia.org

newline oportal 

   

Destaque OPortal 

I Ts. 2 • 7 • https://oportaldateologia.org/a-falsa-doutrina-do-pre-tribulacionismo;

" value="https://files.comunidades.net/oportaldateologia/PREPAREM.swf" />

As taças da ira de Deus vão

se derramar sobre a terra! 

Esta chamada através deste "Flash”

visa chamar a vossa atenção sobre

este evento profético: 

Os elementos ardendo  

em breve se fundirão.

Cuidado!

Um corpo celeste, 

se chocará contra a terra e 

causará grande destruição.     

https://files.comunidades.net/oportaldateologia/setad.gif Aqui      

   

Tema Central do OPortal 

 

Clique na Imagem 

                                                     

A FALSA DOUTRINA DA PRÉ-TRIBULAÇÃO  

Qual doutrina bíblica é a

mais viável para você?

A Meso-tribulação?

[Arrebatamento no meio

da tribulação]

ou a Pós-tribulação?

[Arrebatamento

Em qual delas acontecerá

o Arrebatamento da Igreja!

Será ou não antes da tribulação?

Ou depois da tribulação?

Reflita! 

Reflexão do O Portal 

 Texto flutuante

 

       2013

O oitavo Rei foi eleito.

             

A besta que era e já não é, é também o  oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição Apocalipse cap. 17 - 11.

E o sangue de muitos inocentes ainda haverá de ser derramado.              

Guerreiros feridos são condecorados com Láureas de sangue.

Os soldados do Exército do Rei dos Reis, porém herdarão uma coroa de ouro, e a vida eterna.

A Nova Ordem Mundial está chegando e virá para cumprir o seu dever a rigor.

Quem quiser se livrar dela terá que aceitar a sua marca. 6 6 6 em troca da sua alma.

Revelação 13. 1 – Vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] 7. Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. “Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”

Yeshua.

 O ultimo, o Rei dos reis é o próximo, e está vindo, espere por Ele mesmo que  isto lhe custar a própria vida.

"Permaneça fiel até a morte, e Eu lhe darei a Vida como Coroa. Revelação 2.10.

Yeshua".

 

Leia o Artigo: O sétimo milênio e o fim da humanidade.

Oriente-se.

 

Por: Cornelio A.Dias

Março de 2013.

 

 Visite Dailymotion O Portal

 https://www.dailymotion.com/video/x6e2rcw

 https://www.dailymotion.com/oportaldateologia   TAUEZEQ94_tsp.png

   Ler um   é:

Armazenar Informações;

Desenvolver a Intelectualidade;

Ampliar os Horizontes;

Compreender o Mundo;

Comunicar-se com o Próximo;

Escrever Corretamente;

Relacionar-se melhor com o Outro!

 Ler uma  é:

Armazenar Ensinamentos;

Desenvolver o Conhecimento;

Ampliar a Espiritualidade;

Compreender a DOUTRINA;

Comunicar-se com JESUS

Escrever a VERDADE;

Relacionar-se melhor com DEUS. 

IMAGEM TEXTO

Ore conosco ao som de belos louvores;

Chore aos pés feridos do Pai!

A tristeza logo passa, não demora.

Ele vos envolve e vos consola, 

Em seus braços, faz-vos descansar.

O Portal

Abra esta Porta de Meditação, Louvor e Oração,

clique aqui em:

Bíblia Online e Seleção de Louvores

e deixa Deus falar ao seu coração!

IMAGEM TEXTO

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png   

 

 

Como saudar os irmãos? Clique Aqui https://files.comunidades.net/oportaldateologia/setad.gif       


Com: Paz seja convosco!
Graça e Paz!
A Paz do Senhor!
Paz da parte... do Senhor!
Paz de Deus!
Shalom!
Shalom Adonai!
Bom dia! Boa Tarde! Boa Noite!
Nenhuma da anteriores

  *O conteúdo deste vídeo é

    da responsabilidade do autor* 

 

 

topo