Translate this Page
Arrebatamento
Você acha que o Arrebatamento da Igreja será:
No meio da Tribulação
Depois da Tribulação?
Durante a Tribulação
Antes da Tribulação?
Não sei responder!
Ver Resultados


Rating: 2.0/5 (211 votos)




ONLINE
7




Partilhe este Site...





O Portal da Teologia 

Indice Mapa do Site Avançado
Busca O Portal

 Ychzek'el [Ezequiel] 9.3-4

O PORTAL DA TEOLOGIA

A marca de Cristo. 

3. Então a Glória do Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura

4. Adonai lhe disse: "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".  

 Atenção: O Arrebatamento da Irmã Vilma - Assista aqui em [Vídeos e Nova Era] Cuidado com a sua Alma! 

 

Graça e Paz em Cristo → A todos os Leitores → Sejam bem vindos → No nome de Jesus!  Comentem os artigos → Iniciem discussões sobre os temas → O Moderador. 06.04.2014 

 
OPorTAU.png

Atualize o seu navegador - novo domínio 

http://www.oportaldateologia.org/ 

O Portal:

 

 

oportal@oportaldateologia.org 

cliqueimagem 

OPorTAU.png 

Pedido de Oração  

 

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

 


O Portal da Teologia autoriza a republicação de todos os artigos do site na íntegra, desde que cite a fonte de origem.  


Práticas Ritualísticas Esotéricas
Práticas Ritualísticas Esotéricas

Práticas Ritualísticas Esotéricas

 Esoterismo é o nome genérico que designa um conjunto de tradições e interpretações filosóficas das doutrinas e religiões que buscam desvendar seu sentido supostamente oculto.Segundo alguns, o esoterismo é o termo para as doutrinas cujos princípios e conhecimentos não podem ou não devem ser "vulgarizados", sendo comunicados a um restrito número de discípulos escolhidos.Um sentido popular do termo é de afirmação ou conhecimento enigmático e impe netrável.Hoje em dia o termo é mais ligado ao misticismo, ou seja, à busca de supostas verdades e leis últimas que regem todo o universo, porém ligando ao mesmo tempo o natural com o sobrenatural.Há doutrinas, nomeadamente as espiritualistas, que são também chamadas esotéricas.

Esotérico versus Exotérico

Existem duas espécies de conhecimento: esotérico e exotérico. O termo "exotérico" (antônimo de "esotérico", apesar de ter a mesma pronúncia) se refere ao ensinamento que nas escolas da Antiguidade grega era transmitido ao público sem restrições, por se tratar de ensinamento dialético, provável e verossímil. O conhecimento exotérico ou conhecimento do mundo exterior é aquele que percebemos através dos sentidos físicos.

Helena Blavatsky, que é considerada a criadora da moderna Teosofia, dizia que o termo "esotérico" refere-se o que está "dentro", em oposição ao que está "fora" e que é designado como "exotérico". Aponta o significado verdadeiro da doutrina, sua essência, em oposição ao exotérico que é a "vestimenta" da doutrina, sua "decoração". Também segundo ela, todas as religiões e filosofias concordam em sua essência, diferindo apenas na "vestimenta", pois todas foram inspiradas no que ela chamou de "Religião-Verdade".

Bibliografia

  • José Manuel Anes, Re-creações Herméticas, Lisboa: Presença, 1985, 82 p.
  • José Manuel Anes, Fernando Pessoa e os Mundos Esotéricos, Lisboa: Ésquilo, 2004, 216 p.
  • Antoine Faivre, O esoterismo (1992), Campinas: Papirus Editora, 1994, 118 p.
  • Wouter J. Hanegraaff (editor), Dictionary of Gnosis and Western Esotericism, Leida / Boston: Brill, 2005, 2 v., 1228 p.
  • Pierre A. Riffard, Dicionário do esoterismo (1983), Lisboa: Editorial Teorema, 1994, 405 p.
  • Pierre A. Riffard, O Esoterismo. O que é esoterismo? Antologia do esoterismo ocidental (1990), Sâo Paulo: Editora Mandarim, 1996, 858 p
  • http://pt.wikipedia.org/wiki/Esoterismo

 

 

Práticas Ritualísticas Esotéricas

 

Livres de Estudos Esotéricos - IntençãoPPp

gleelg1gm.gif


 

E

O

N

 

 

barrav2.gif

 

Intenção

O que ?
Proposta para a criação e funcionamento de grupos de pessoas voltadas ao estudo e as práticas religiosas esotéricas; religiosas no sentido de religar-se à Divindade, processo também denominado de reintegração; esotéricas no sentido de interior, no estudo das práticas interiores das tradições místicas e mágicas dos seres humanos.

Porque ?
Propagação e prática do Amor entre as Pessoas e na busca da Divindade ! Em contraposição às organizações exageradamente formais, hierárquicas e burocráticas, esta é uma proposição, singela, livre, gratuita e sem dogmas. Sua fundação deve ser a da amizade, como dizia nosso Senhor Jesus Cristo, o maior de todos os Mestres: "tratai-me como amigo ...".

Como ?
Da maneira que cada grupo achar que deve ser.
Aqui relacionamos algumas idéias, muitas outras poderão ser adotadas...

barracl2.gif

 
http://www.eon.com.br/unilae/glee2.htm
 
Objetivos

Louvar a Deus !
Primeiro mandamento.
As reuniões têm como objetivo primeiro a união com a Divindade, a Potencia Suprema do Universo, Deus Único e Todo-Poderoso.

Reunir-se com seus irmãos
Segundo mandamento: amai o próximo como a tí mesmo.
...sempre que dois ou mais estiverem reunidos em meu Nome, eu estarei entre eles...


Buscar a Divindade em sí mesmo
Reintegração.
Após a queda, estamos presos neste mundo da matéria, porém através do sacrifício do Cristo, voltaremos ao lugar de onde viemos, quando estivermos prontos para receber a força da Luz da Divindade que habita em todos nós.

Através de orações, estudos e práticas livres !
Orar é dirigir-se à Divindade através do verbo que nos foi dado...
Os rituais e práticas são facilitadores da concentração de nossa energia psíquica em uma determinda direção...
Muitos mestres e irmãos que antes trilharam o caminho, deixaram exemplos a serem seguidos tanto no campo da Tradição escrita e oral visíveis quanto no invisível...
Existem infinitas maneiras de se atingir um objetivo, umas mais singelas outras mais complexas, umas mais rápidas outras mais lentas, mas todas aquelas praticadas verdadeiramente nos levarão até lá !

Praxis
A prática constante é o verdadeiro caminho. Assim tudo o que aqui está sendo dito, tem por único objetivo deflagrar a prática ! Pratique ! A seguir descrevemos alguns pontos básicos que podem servir como guia para as práticas.

barracl2.gif

http://www.eon.com.br/unilae/glee3.htm

Constituição

Formar um Grupo

O ponto principal é formar um grupo de pessoas, muito embora a Iniciação seja um caminho individual, que ocorre no íntimo de cada indivíduo. Apesar da individualidade da alma e dos seres vivos, a experiência humana é coletiva… Diz-se que o Adam Kadmom – Homem Primordial, partiu-se ou dividiu-se em milhares de pedaços durante a queda...

Há diversas possibilidades de se formar um grupo de pessoas, o mais fácil é no âmbito da própria família. Pais e filhos, ou alguns filhos, mais avós ou tios, ou amigos próximos, que geralmente já seguem linhas kármicas.

Pode-se formar também grupos de pessoas heterogêneas, neste caso, o grupo levará mais tempo até que se atinja um ponto de equilíbrio entre os participantes, o que no caso de pessoas conhecidas entre sí é mais rápido.

 

Tamanho dos Grupos

Não há necessidade de se formarem grupos grandes, pode-se inciar com duas ou três pessoas.

Não existe um tamanho ideal, mas um número ao redor de sete pessoas é bom.

 

Conhecimento Complementar

Sempre em um grupo de pessoas existem conhecimento, experiências, habilidades, virtudes, etc, complementares. Isto pode não ser evidente de início, mas com o passar do tempo o será.

Por conhecimento / experiências / habilidades / virtudes pode-se diferenciar as pessoas, e não há nenhum fator isolado que qualifique mais uma pessoa em relação a outra, todas tem suas habilidades e defeitos. A maior capacidade intelectual ou maior cultura não significam por exemplo maior caridade, nem o melhor coração necessáriamente terá a clareza de mente necessária a certas decisões.

 

Liderança

A liderança é natural, tendo em vista a maior capacidade de determinados indivíduos para coordenar ou realizar determinadas tarefas.

Assim como cada indivíduo possui características próprias que lhes emprestam maior habilidade em certa direção, a liderança deve ser distribuida entre os membros do grupo em função da atividade ou tarefa.

Se houver um líder natural, um Mestre, este aparecerá naturalmente…

O grupo deve escolher e definir seu próprio esquema de liderança, que pode ser modificado no futuro, caso assim seja conveniente. Entretanto este nunca deverá ser hereditário nem vitalício !

Uma das principais causas de discordancia entre os membros de Sociedades Secretas, Irmandades e Ordens, é o ego, ou o eu individual que se exacerba. Os motivos podem ser obviamente aparentes e muitas vêzes são provenientes do próprio invisível, mas o fato é que a história destas sociedades é repleta de dissidências, disputas e desavenças, entre os seus membros, Mestres, Grandes Mestres, Conselhos Superiores e Órgãos Diretores, que por vaidade pessoal ou intransigência, terminam por fragmentá-las e destruir seus objetivos originais.

 

Estatuto

É facultativo, mas pode ser um excelente tema para as reuniões iniciais. O grupo trabalha no sentido de definir o seu estatuto.

Na verdade o que interessa é a prática, a intenção atua como um lente convergente que dirige a energia a seus objetivos.

http://www.eon.com.br/unilae/glee4.htm

 

Funcionamento

Frequencia e Datas

Tradicionalmente as reuniões de Irmandades, Sociedades e Ordens ocorrem regularmente uma vez por semana, frequentemente as quintas-feiras a noite. Assim, neste dia as energias de místicos de diversas correntes, crenças e linhagens somam-se e fundem-se em uma só direção, a da Grande Fraternidade Branca dirigida para o bem universal.

Qualquer dia entretanto pode ser escolhido. Não é recomendável uma frequência muito grande, mais de 2 dias por semana, nem muito pequena, acima de quinze dias.

 

Datas Especiais

Datas especiais são aquelas dos ciclos naturais como por exemplo as fases da Lua, ou ciclos Solares como os Solstícios e Equinócios. Podem ser também datas religiosas Cristãs universais como o Natal e a quaresma ou Judáicas como o Yom Kipur, Rosh Ha Shana, etc.

 

O Local

A sugestão é quanto mais simples melhor, pois no fundo, o que objetivamos é o contato com a Divindade e com o nosso eu interior. Conforme o local, as reuniões se processarão mais ou menos formais. Em princípio podem ser realizadas em casa. Não é necessário nenhum segredo, pois tudo o que será feito deverá ser limpo, puro e portanto não precisa ser escondido de ninguém. Por outro lado, é necessário um ambiente onde se tenha suficiente tranquilidade para orar, meditar e conversar sem perturbações externas.

Em alguns casos, principalmente para práticas individuais, um ambiente adequado é necessário, como por exemplo uma sala ou quarto fechado.

Observa-se que no caso de práticas ritualísticas requer-se um ambiente "limpo". Também, com o passar do tempo os locais onde realizam-se rituais, ou mesmo as orações indivduais, ficam "imantados"com a energia caraterística das práticas alí realizadas.

 

As Reuniões

Também existem uma série de possibilidades em relação as reuniões ou conventículos.
Após definidos a frequência, as datas e o local, as reuniões procedem-se de acordo com estes.

Normalmente iniciam-se com uma conversa informal, para que o grupo vá se estabilizando, as pessoas devem mostrar como estão se sentindo, e percebendo também como as outras pessoas estão se sentindo. Saber que uma pessoa trabalhou duramente nos últimos dias, pode ajudar a entender, porque não consegue se concentrar tão intensamente como os demais.

Segue-se uma discussão em grupo onde pode-se ler trechos ou capítulos de livros e publicações pertinentes, ou até mesmo a Bíblia. Podem ser preparados trabalhos pelos membros do grupo que os expõem e em seguida são discutidos. Pode-se dividir um livbro em capítulos e cada membro fazer um resumo para discussão. Pode-se escolher um tema, como por exemplo o Evangelho de João, e assim por diante.

Após a discussão, é comum realizar-se uma prática ritualística ou cerimonial, como as orações em grupo, ou experimentos.

Para encerrar os trabalhos pode-se novamente verificar o estado emocional interno de cada um, inclusive comparando-o ao do início da reunião… como se modificou, porque, etc.

 

http://www.eon.com.br/unilae/glee5.htm

 
 
Práticas Ritualísticas


Ritual

Todo ritual é um meio através do qual nos sensibilizamos e nos sintonizamos com a Divindade e suas manifestações.
Aqui não serão reveladas as práticas secretas das Ordens e Seitas Iniciáticas, mas apenas práticas muito comuns, entretanto muito eficazes como a oração.

Há basicamente duas vias místicas, a via do coração ou cardíaca, e a via operativa. A via do coração é a via Cristã desenvolvida através das orações, da meditação e da contemplação.A via operativa ou teúrgica desenvolve-se através da chamada magia cerimonial.

Desde a magia natural hermética e gnóstica, a magia celta dos druídas, as complexas iniciações egípcias, a magia babilônica, até a magia cerimonial ocidental existe um vasto complexo de tradições escritas e orais que constituem um verdadeiro labirinto muitas vêzes com caminhos sem saída e grandes perigos.  
As práticas operativas em nosso plano sempre envolvem polarizações, ou seja sempre que lidarmos com uma moeda etaremos manipulando as duas faces simultaneamente, assim o indivíduo deve estar preparado para exercer o equilíbrio. A preparação envolve firmeza de caracter,  perfeição moral e auto-controle elevados, por tudo isso não é recomendável a ninguém, tentar estas práticas sem o amparo de uma egrégora ou de um mestre experiente.

Apresentamos aqui práticas da via cardíaca e práticas teúrgicas da chamada Cabala Cristã. No futuro pretendemos também trazer práticas herméticas e de magia natural.

bverm.gif (933 bytes) A Oração Individual

bverm.gif (933 bytes) Orações Selecionadas

bverm.gif (933 bytes) A Cruz Cabalística

bverm.gif (933 bytes) Traçando um Pentagrama

bverm.gif (933 bytes) O Círculo Mágico

bverm.gif (933 bytes) Exorcismo da Água e do Sal

bverm.gif (933 bytes) Manifestações nos Planos

bverm.gif (933 bytes) Ritual - Benção de uma Pessoa doente

bverm.gif (933 bytes) Ritual - Sanctum Regnum

 

 http://www.eon.com.br/unilae/glee6.htm

 

 A ORAÇÃO INDIVIDUAL
 
Conforme a Tradição Gnóstica

A oração é a comunicação do homem para a Divindade. Através dela reverenciamos, agradecemos e pedimos, a Deus. Seja como for que imaginemos a Deus, dentro de nós, fora de nós, onipresente, informe ou antropomórficamente, toda oração é uma conversa com Deus; e este é seu objetivo maior. A prática constante da oração age no homem, notadamente nos planos do sentimento e do espírito, trazendo calor no coração, conforto e alegria.

Aquele que se afinar com a prática individual da oração, poderá também participar das práticas ritualísticas de grupo, de harmonização com a Divindade, atuando e operando no plano do bem, em conjunto com outros Irmãos da Igreja Gnóstica.

Abaixo seguem algumas observações sobre a prática das orações individuais, conforme a nossa Tradição Gnóstica:


Periodicidade -
As orações devem ser realizadas diáriamente, mesmo durante eventuais viagens. Deve-se escolher o momento mais adequado ao praticante, preferivelmente à mesma hora todo o dia, se não for possível, então a qualquer hora, ou segundo um horário variado como por exemplo: a noite, durante a semana e, de manhã cedo, nos fins de semana.

Preparação
- Antes do incício e/ou após a oração, observar:

· Não comer antes, ou se pela manhã bem cedo, estar em jejum.
· Não fazer sexo antes ou imdediatamente depois.
· Evitar beber bebidas alcoólicas, não beber antes.
· Antes de iniciar a oração, lavar as mãos e o rosto com água corrente (se possível) e
  beber um copo de água fresca, em sinal de purificação.

Prática Pessoal - A prática da oração deve ser pessoal, não se deve divulgá-la aos outros - "permaneçamos silenciosos para que nossas obras sejam duradouras e perenes" - agindo assim, estaremos armazenando mais energia, a qual poderá ser utilizada, quando necessário e oportuno, tanto através da própria oração, quanto de ações. Caso alguem se interesse em saber o que fazemos, podemos dizer que estamos meditando, o que não deixa de ser verdadeiro.
Para que a voz do praticante não fique evidente, pode-se usar música sacra como Canto Greogoriano ou música para meditação, durante a oração.

Usando o Verbo - As orações devem ser faladas em voz alta, não se pode sussurar nem pensar; mesmo que o volume seja bem baixo (caso outras pessoas possam ouvir). É importante que as palavras sejam articuladas ! Com isso estamos praticando o verbo, uma das faculdades humanas mais poderosas. Assim devemos pois nos lembrar, de não utilizar o verbo em vão, e principalmente de modo errôneo, como "falar mal dos outros" ou praguejar.

Postura - A posição adequada para orar é em pé, ou sentado, com a coluna ereta. Pode-se orar deitado, mas isto requer conhecimentos específicos. A atitude, em geral, é de reverência.

Local - Se possível, não utilizar o mesmo ambiente que se dorme, para realizar as orações.


RITUAL INDIVIDUAL

A prática das orações diárias, em um determinado local, e realizadas segundo um ritual, trás consequências adicionais, como por exemplo a magnetização do local onde as orações são executadas. A energia pessoal alí depositada, permanece, e com o tempo dá ao lugar uma imantação ou magnetização característica, que normalmente pode ser sentida, como uma sensação agradável, pelas pessoas mais sensíveis, que alí estiverem.

O ritual facilita a concentração do operador, além de utilizar elementos simbólicos e ativos, os quais desempenham papel importante na prática da oração diária.

Na figura abaixo, mostramos a mesa com os três elementos:

1 - Um crucifixo, com a figura de nosso Senhor, Jesus Cristo
2 - Um incensório, com incenso aceso, pode ser de vareta
3 - Um círio, (vela de cera), também acesa (*)

(*) a vela deve ser acendida com fósforos, e apagada com um abafador. Nunca deverá ser soprada ! Pois o fogo, um dos símbolos da vida, não deve ser extinto com o sopro, outro símbolo da vida…

oradia1.bmp

Todos os objetos, incluindo o crucifixo, o círio, as varetas de incenso, o abafador e a caixa de fósforos devem ser consagrados, prefencialmente.

O ritual começa arrumando-se os tres objetos sobre a mesa, em seguida acendende-se o círio e o incenso e inicia-se a sequência de orações. No final, apagar o círio com o abafador, e guardar os objetos. Estes podem ser guardados numa caixa ou numa gaveta, onde possam ser trancados; pois não devem ser manuseados por outras pessoas. Duarante viagens, podem ser levados em saco plástico ou de pano.

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Nunca realizar movimentos com a vareta de incenso ou com o círio, nem mesmo com as mãos, (a não ser os usuais da liturgia, como o sinal da cruz). A mão direita pode ser colocada sobre o coração, nas ocasiões em que se desejar maior solenidade, ou amplificação do sentimento.


SEQUÊNCIA DE ORAÇÕES

Abaixo uma sugestão de como utilizar as orações aqui compiladas:

Diáriamente

Escolher uma seleção, com uma duração mínima de 20 minutos. É importante entretanto manter a mesma sequência, por uma questão de constância, o que é fundamental, pelo menos no início da prática.

Além das orações escritas, cada um deve escolher um momento, na sequência escolhida, onde efetua sua própria oração, ou seja, conversar com Deus com as suas próprias palavras. Alguns preferem escrever, a cada dia, a sua oração pessoal


 http://www.eon.com.br/unilae/glee62.htm
 
ORAÇÕES SELECIONADAS
Conforme a Tradição Cristã

oradia2.bmp


Senhor, ampara esta nossa oração,

com o objetivo de nos aperfeiçoarmos:

física, moral e espiritualmente !

oradia3.bmp


Signum Crucis (Sinal da Cruz)
Per signum crucis de inimicis nostris libera nos, Deus noster.

In nomine Patris, et Filii, et Spiritus Sancti. Amen

Pelo Sinal da Cruz libera-nos de nossos inimigos, Oh Deus.

† Em Nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo. Amen.

Doxologia Minor (Glória)
Gloria Patri, et Filio, et Spiritui Sancto. Sicut erat in principio, et nunc, et semper, et in saecula saeculorum. Amen. Glória ao Pai, ao Filho, e ao Espírito Santo. Assim como era no princípio, agora e sempre, por todos os séculos dos séculos. Amen.

oradia4.bmp

Ave Maria (A Saudação do Anjo do Senhor)
Latim

Ave Maria,
gratia plena;
Dominus tecum:
benedicta tu in mulieribus,
et benedictus fructus ventris tui Jesu.

Sancta Maria,
Mater Dei,
ora pro nobis peccatoribus,
nunc et in hora mortis nostræ
Amen.

Hebraico

Shalom alaikh Mirian
Meleat chen
Adonai imekh
Bruchah at ba-nashim
U-barukh prii bitnekh
Iehoshuah

Mirian ha-kdoshah
em ha-Elohim
At tirii be-adeinu ha-chataim
Atah ubehet moteinu
Amen.

Portugues

Ave Maria,
cheia de graça;
o Senhor é convosco;
Bendita és tú entre as mulheres,
e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus.

Santa Maria,
Mãe de Deus,
roga por nós pecadores,
Agora e na hora de nossa morte.
Amen.


 

 

 

 

 

 

oradia5.bmp

 


 

 

 

 

 

Magnificat Anima (O Magnificat)

Magni†ficat anima mea Dominum.  
Et exsultavit spiritus meus

 

                        
in Deo salutari meo.                                        
Quia respexit humilitatem ancillae    
suae: ecce enim ex dicent omnes    
hoc beatam me generationes.
Quia fecit mihi magna qui potens   
est: et sanctum nomen ejus.  
Et misericordia ejus a progenie        
in progenies: timentibus eum.            
Fecit potentiam in brachio suo:
dispersit superbos mente cordis sui. 
Deposuit potentes de sede,   
et exaltavit humiles.      
Esurientes implevit bonis:
et devites demisit inanes.         
.Suscepit Israel puerum suum,                  
recordatus misericordiae suae.    
Sicut locutus est ad patres nostros:
Abraham et semini ejus
in saecula.                        
Minha alma † exalta o Senhor,
E meu espírito se exulta
em Deus meu salvador
Porque ele olhou a humildade desta sua
serva: daqui em diante, e por todas as
gerações chamar-me-ão abençoada.
Pois ele, que é todo-poderoso, fez grandes
coisas comigo, e santo é o seu nome.
E sua misericórdia perdura de geração
em geração, a todos os que o temem.
Ele mostrou o poder de seu braço:
e dispersou os orgulhosos de coração.
Depôs os poderosos de seus tronos,
E exaltou os humildes.
Cumulou de bens os famintos,
e os ricos despediu de mãos vazias
Recebeu seus servos de Israel,
recordando-os de sua misericórdia.
Conforme prometera a nosso pais,
à Abraão e a sua descendência,
para sempre.

Oratio Dominica (A Oração do Senhor)

oradia6.bmp Pater noster, qui es in cælis,
sanctificetur nomen tuum.
Adveniat regnum tuum.
Fiat voluntas tua,
sicut in cælo et in terra.

R] Panem nostrum quotidianum da nobis hodie.
Et dimitte nobis debita nostra
sicut et nos dimittimus debitoribus nostris
Et ne nos inducas in tentationem:
sed libera nos a malo.
Amen.
Pai nosso, que estás no céu
santificado seja o teu nome.
Venha a nós o vosso reino,
Seja feita a vossa vontade,
assim na terra como no céu:

R.] O pão nosso de cada dia nos dai hoje.
E perdoai as nossas ofensas
como perdoamos àqueles que no têm ofendido.
E não nos deixai cair em tentação,
mas livrai-nos do mal.
Amen.

Anima Christi

Anima Christi, Sanctifica me.
Corpus Christi, salva me.     
Sanguis Christi, inebria me.   
Aqua lateris Christi, lava me.  
Passio Christi, conforta me.  
O bone Jesu, exaudi me.  
Intra tua vulnera absconde me.  
Ne permittas me separari a te.             
Ab hoste maligno defende me.
In hora mortis meæ voca me.  
Et jube venire ad te,                   
Ut cum Sanctis tuis laudem te
In sæcula sæculorum.
Amen
Alma de Cristo, santifica-me.
Corpo de Cristo, salva-me.
Sangue de Cristo, inebria-me.
Água do lado de Cristo, lava-me.
Paixão de Cristo, fortalece-me.
Oh bom Jesus, ouve-me.
Dentro de tuas chagas, esconde-me.
Não permitas que me separe de tí.
Do inimigo maligno, defende-me.
Na hora da minha morte, chama-me.
E manda que venha a tí.
Para com teus Santos louvar a tí.
Pelos séculos, dos séculos.
Amen       

Oratio ad D N J C Crucifixum (Oração diante do Crucifxo)
En ego, O bone et dulcissime Jesu, ante
conspectum tuum genibus me provolvo ac maximo animi ardore te oro atque obtestor,
ut meum in cor vividos fidei, spei et caritatis sensus, atque veram peccatorum meorum poenitentiam, emendandi firmissimam voluntatem velis imprimere; dum magno animi affectu et dolore tua quinque vulnera mecum ipse considero ac mente contemplor, illud prae oculis habens, quod jam in ore ponebat tuo David Propheta de te, o bone Jesu: Foderunt manus meas et pedes meos: dinumeraverunt omnia ossa mea.   
Eis me aqui, Oh bom e mais doce Jesus, coloco-me de joelhos perante a tí, e com o mais fervoroso desejo de minha alma, eu oro, rogando a tí que imprima sobre o meu coração sentimentos vivos de fé, esperança e caridade, com verdadeira penitencia para meus pecados; enquanto venho imprimir uma firmíssima vontade de emenda, e com grande afeição e dor na alma, eu considero em mim, e contemplo mentalmente as tuas mais preciosas cinco feridas, tendo diante de mim os olhos dos quais falou o teu Profeta David, Oh bom Jesus: eles perfuraram minhas mãos e meus pés; eles enumeraram todos os meus ossos.


oradia7.bmp                                               

O Omnium Domine (O Senhor de Tudo)

O omnium Domine et effector ac praecipue huius figmenti!O Deus tuorum hominum et Pater ac gubernator!O vitae et mortis arbiter!O nostrarum animarum custos et benefactor!O qui omnia facis, et tempestive, atque, ut ipse pro sapientiae tuae et administrationis altitudine nosti, artifice Verbo transmutas, nunc quidem Caesarium, discessus nostri primitias, quaeso, suscipe.Nos vero quoque opportuno tempore suscipe, tamdiu in carne vitam nostram moderatus, quamdiu conducibile fuerit; et quidem suscipe ob metum tuum paratos et non turbatos, neque in extremo die terga vertentes atque invito animo, quemadmodum solent qui mundo et carni addicti sunt, hinc abstractos et avulsos, sed prompte at alacriter ad beatam illam et longaevam vitamproficiscentes, quae est in Christo Iesu Domino nostro, cui gloria in saecula saeculorum. Amen.

Oh Senhor e criador de tudo, e principalmente desta tua criatura !Oh Deus , Pai e governante de teu povo !Oh árbitro da vida e da morte !Oh guardião e bemfeitor de nossas almas!Oh criador de tudo, que na estação propícia transmutas tudo pelo poder de tua Palavra, de acordo com tua sabedoria e profundos desígnios, recebe agora, eu te suplico, aqueles que foram antes de nós.

Recebei-nos também no tempo oportuno, até que tenhais restringido-nos nesta vida carnal, pelo tempo necessário. Recebei-nos preparados pelo temor a tí, e não perturbados, ou desdenhando o dia da morte, ou não querendo como aqueles viciados no mundo da carne. Ao contrário, possamos nós esperar ansiosos por aquela vida abençoada e eterna que está em Jesus Cristo nosso Senhor. À ele glória por todos os séculos dos séculos. Amen.


 

In Te Credo (Em Tí Creio)
In te credo, in te spero, te amo, te adoro, beata Trinitas unus Deus, miserere mei, nunc et in hora mortis meae et salva me. Amen. Em tï creio, em tí espero, te amo, te adoro, santa Trindade, Deus uno, tem piedade de mim, agora e na hora da minha morte e salva-me. Amen.
Sanctus (Santo)
Sanctus, Sanctus, Sanctus, Dominus Deus Sabaoth. Pleni sunt caeli et terra gloria tua.

Hosanna in excelsis. Benedictus qui venit in nomine Domini. Hosanna in excelsis.
Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do Poder e da Força. Os céus e a terra estão plenos de tua glória.

Hosana nas alturas. Bendito é aquele que vem em nome do Senhor. Hosana nas alturas.

Litaniae Cordis Sanctae Iesu (Litania do Sagrado Coração de Jesus)
Kyrie, eleison Kyrie, eleison.

Christe, eleison Christe, eleison.

Kyrie, eleison Kyrie, eleison.

Christe, audi nos Christe, audi nos.

Christe, exaudi nos. Christe, exaudi nos.

Pater de caelis, Deus, miserere nobis.

Fili, Redemptor mundi, Deus, miserere nobis.

Spiritus Sancte, Deus, miserere nobis.

Sancta Trinitas, unus Deus, miserere nobis.

Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, parce nobis, Domine.

Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, exaudi nos, Domine.

Agnus Dei, qui tollis peccata mundi, miserere nobis, Domine.

V. Iesu, mitis et humilis Corde,

R. Fac cor nostrum secundum Cor tuum.

Oremus:

Omnipotens sempiterne Deus, respice in Cor dilectissimi Filii tui et in laudes et satisfactiones, quas in nomine peccatorum tibi persolvit, iisque misericordiam tuam petentibus, tu veniam concede placatus in nomine eiusdem Filii tui Iesu Christi: Qui tecum vivit et regnat in saecula saeculorum.

Amen.

Senhor, tende piedade Senhor, tende piedade.

Cristo, tende piedade Cristo, tende piedade.

Senhor, tende piedade Senhor, tende piedade.

Cristo, ouve-nos Cristo, ouve-nos.

Cristo, compreende-nos. Cristo, compreende-nos.

Deus, Pai dos céus, tende piedade de nós.

Deus Filho, Redentor do mundo, tende piedade de nós.

Deus Espírito Santo, tende piedade de nós.

Santa Trindade, Deus uno, tende piedade de nós.

Cordeiro de Deus, que tirastes os pecados do mundo, poupai-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirastes os pecados do mundo, ouvi-nos, Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirastes os pecados do mundo, tende piedade de nós, Senhor.

V. Jesus, fraco e humilde de Coração,

R. Fazei nosso corações semalhantes ao teu.

Oremos:

Deus eterno e onipotente, olhai para o coração de teu mais amado Filho e para os louvores e satisfações que ele te oferece, em nome do pecadores, e àqueles que imploram tua misericórdia; em tua grande potencia concedei perdão em nome do mesmo Jesus Cristo, teu Filho, que vive e reina por todos os séculos dos
séculos.

Amen.


oradia8.bmp








Concede, Quaesumus (Concede, nós te pedimos)

Concede, quaesumus, omnipotens Deus, sanctum nos Spiritum votis promereri sedulis, quatenus
eius gratia et ab omnibus liberemur tentationibus, et peccatorum nostrorum indulgentiam percipere
mereamur. Per Christum Dominum nostrum.
Amen.
Concede, nós te pedimos Deus onipotente, para que possamos agradar teu Santo Espírito com nossas merecidas súplicas, que através de tua graça sejamos libertos de todas as tentações e merecidamente receber o perdão de nossos pecados. Por Cristo nosso Senhor. Amen.
Veni, Sancte Spiritus -I (Vem, Espírito Santo)
Veni, Sancte Spiritus, reple tuorum corda fidelium, et
tui amoris in eis accende.

Emitte Spiritum tuum et creabuntur, et renovabis faciem terrae. Amen.

Oremus:

Deus, qui corda fidelium Sancti Spiritus illustratione docuisti. Da nobis in eodem Spiritu recta sapere, et de eius semper consolatione gaudere. Per Christum Dominum nostrum.
Amen.

Vem Espírito Santo, enche os teus fiéis corações e, acende neles o fogo do teu amor.

Envia o teu Espírito e cria, e renovareis a face da terra. Amen.

Oremos:

Deus, que ensinou os corações dos fiéis pela luz do Espírito Santo, concede, pelo dom do mesmo Espírito, o saber verdadeiro e para sempre a alegria de sua consolação. Por Cristo nosso Senhor.
Amen.

 

Veni, Sancte Spiritus - II (Vem, Espírito Santo)

Veni, Sancte Spiritus,

et emitte coelitus

lucis tuae radium.

Veni, pater pauperum,

veni, dator munerum

veni, lumen cordium.

Consolator optime,

dulcis hospes animae,

dulce refrigerium.

In labore requies,

in aestu temperies

in fletu solatium.

O lux beatissima,

reple cordis intima

tuorum fidelium.

Sine tuo numine,

nihil est in homine,

nihil est innoxium.

Lava quod est sordidum,

riga quod est aridum,

sana quod est saucium.

Flecte quod est rigidum,

fove quod est frigidum,

rege quod est devium.

Da tuis fidelibus,

in te confidentibus,

sacrum septenarium.

Da virtutis meritum,

da salutis exitum,

da perenne gaudium,

Amen, Alleluia.

Vem, Espírito Santo,

e emite a tua luz

celestial radiante.

Vem, pai dos pobres,

vem, doador das coisas boas,

vem, luz dos corações.

Consolador supremo,

candido hóspede das almas,

doçura refrescante.

No trabalho, descanço,

no calor, refresco,

nas lágrimas, consolação.

Oh luz abençoada,

preenche a intimidade dos corações

com tua fidelidade.

Sem teu poder,

nada há no homem,

nada é inofensivo.

Lava o que está sujo,

irriga o que é árido,

cura o que está ferido.

Flexiona o que é rígido,

aquece o que é frio,

rege o que se desvia.

Dá tua fidelidade,

em confidencia,

sagrado setenário.

Dá o mérito da virtude,

o exito da salvação,

dá a alegria perene,

Amen. Aleluia.

 

 

 

oradia9.bmp

 

 

 

 

 

 

 

oradia10.bmp

 

 

Veni, Creator Spiritus (Vem, Espírito Criador)
Veni, Creator Spiritus,

mentes tuorum visita,

imple superna gratia

quae tu creasti pectora.

Qui diceris Paraclitus,

altissima donum Dei,

fons vivus, ignis, caritas,

et spiritalis unctio.

Tu, septiformis munere,

digitus paternae dexterae,

Tu rite promissum Patris,

sermone ditans guttura.

Accende lumen sensibus:

infunde amorem cordibus:

infirma nostri corporis

virtute firmans perpeti.

Hostem repellas longius,

pacemque dones protinus:

ductore sic te praevio

vitemus omne noxium.

Per te sciamus da Patrem,

noscamus atque Filium;

Teque utrisque Spiritum

credamus omni tempore.

Deo Patri sit gloria,

et Filio, qui a mortuis

surrexit, ac Paraclito,

in saecula saeculorum.

Amen.

Vem Espírito Criador,

e tuas inteligências visita;

preenche da graça do alto

os corações que tú criastes.

És proclamado Paráclito

altíssima dádiva de Deus,

fonte viva, fogo, caridade,

e unção espiritual.

Tu, septiforme graça,

dedo da dextra paterna;

Tu, promessa solene do Pai

mais rica expressão do verbo.

Acende a luz do sentimento,

infunde amor nos corações;

enfraquece nossos corpos

e firma perpétuamente a virtude

O inimigo repele para longe,

a paz nos dê prontamente;

guia-nos e assim prevenidos,

evitaremos tudo que é noscivo.

Por tí sabemos do Pai,

aprendemos a conhecer o Filho;

Em tí Espírito de ambos

creiamos por todo o tempo.

Glória a Deus Pai,

e Filho, ressuscitado da morte,

e sobretudo Paráclito,

pelos séculos dos séculos.

Amen.



oradia11.bmp
Senhor eu não sou digno,
que entreis em minha casa,
mas dizei uma só palavra,
e minha alma será salva !

Senhor eu não sou digno,
que entreis em minha casa,
mas dizei uma só palavra,
e minha alma será salva !

Senhor eu não sou digno,
que entreis em minha casa,
mas dizei uma só palavra,
e minha alma será salva !

 

Os Dons do Espírito Santo

 

Vinde, oh Espírito Criativo, visitai os corações de teus seguidores, preechei-os com a graça do alto, estes corações que Vós criastes. Sois o Espírito Consolador, a dádiva de Deus todo-poderoso, a fonte da água viva, o fogo divino, a caridade, a unção invisível das almas.

Vinde então com vossos sete dons preciosos, Vós que sois o dedo de Deus, Vós que sois o conteúdo da promessa do Pai, Vós que colocais o verbo do Pai em nossos lábios, iluminai nossos espíritos com Vossa luz, abraçai nossos corações com Vosso amor e santificai, em todos os tempos, a nossa frágil carne !

Baní de nós o espírito de tentação, preenchei-nos com Vossa paz infalível, sejais Vós mesmo nosso guia, de modo que possamos evitar tudo que possa ser prejudicial à nossa salvação.

Ensinai-nos a compreender o Pai, ensinai-nos a compreender o Filho e a Vós mesmo, que sois o espírito do Pai e do Filho, sede sempre o objeto da nossa fé !

Por isso seja a glória, em todos os ciclos, para Deus Pai, para o Filho, ressuscitado de entre os mortos e para o Espírito Santo. Que assim seja ! Senhor enviai o teu espírito e tudo será criado, e Vós renovareis a face da terra !

Oh Deus, que ledes todos os corações e conheceis todos os problemas, espírito de luz e de amor, derramai sobre mim, eu vos suplico, a plenitude de vossos dons, por tudo que me é necessário e eu não posso escolher !

Dái-me o Espírito de Sabedoria, o qual me faz ver as coisas de acordo com seu verdadeiro valor e não de acordo com o julgamento deste mundo, mas de acordo com o vosso. Oh Senhor, que eu possa repetir, como Salomão: desde a minha infância eu amei a sabedoria e a escolhi para minha compa-nheira na vida. Eu a preferi acima de tudo o que é mais esplêndido no mundo, e eu pensei que as riquezas nada eram comparadas com o preço de tamanha jóia. Todas as coisas boas vieram por intermédio dela, e em todas as minhas dores e sofrimentos, ela sempre foi o meu consolo e aminha alegria (Provérbios VIII).

Dái-me também o Espírito de Inteligência, que me ilumina no conhecimento das escrituras e das grandes verdades eternas. A fé e a humildade são as virtudes que atraem o espírito da inteligência para a alma. A fé que nos submete para melhor compreen-dermos; a humildade prontamente nos faz reconhe-cer a nossa ignorância

Dái-me o Espírito de Conselho, que ilumina o caminho para os céus e evita que me perca, como um viajante tolo, que pega um caminho desco-nhecido, sem um guia.

Dái-me o Espírito de Ciência, que me ensina que a ciência da salvação é a única necessária, a única sem qual nenhuma ciência humana pode se realizar.

Dái-me o Espírito de Força, que não me deixa tão fraco após o mínimo esforço, tão débil quando tenho que obedecer ao invés de fazer o que desejo, ou trabalhar quando não tenho o menor desejo de fazê-lo; que me dá força para conquistar a mim mesmo, quando a sagrada regra de Deus assim me ordena !

Dái-me o Espírito de Piedade, que dá ao meu coração uma atração filial para com Deus, e que me faz serví-lo com alegria e tranquilidade !

Dái-me o Espírito de Temor, temor filial que, combinado com o respeito e o amor, me faz evitar cuidadosamente tudo aquilo que possa desagradar a Deus, nosso Pai !

Oh dons preciosos, cuja exelência aprendi a conhecer, vê como minha alma clama por vós, com confiança e se vos abre com amor.

Santos apóstolos, que no dia de Pentecostes, recebestes os dons do Espírito Santo, concedei-nos, com algumas das mesmas graças, uma fidelidade similar a que era vossa, de modo que, acreditando naquilo que recebestes e tranmitistes, praticando os vossos trabalhos, vivendo e morrendo com a Igreja que vós fundastes, possamos compartilhar convosco, oh santos apóstolos, a regozijadora recompensa nos céus.

Que assim seja !

Invocação do Espírito anto
Kyrie, Eleison

Christie, Eleison

Kyrie, Eleison

Spiritus Sancte, audi nos

Spiritus Paraclite, exaudi nos

Pater de caelis, Deus, miserere nobis

Fili redemptor mundi, Deus

Spiritus Sancte, Deus

Sancta Trinitas, unus Deus

Spiritus veritatis

Spiritus sapientiae

Spiritus intellectus

Spiritus foritudinis

Spiritus pietatis

Spiritus recti consilit

Spiritus scientiae

Spiritus sancti timoris

Spriritus caritatis

Spiritus gaudii

Spiritus pacis

Spiritus virtutum

Spiritus multiformis gratiae

Spiritus adoptionis Filiorum Dei

Purificatur animarum nostrarum

Caelestium donorum distributor

Discretor cogitationum et intetionum cordis

Dulcedo in tuo servitio incipientium

Corona perfectorum

Gaudium angelorum

Iluminatio patriarcarum

Instpiratio prophetarum

Os et sapientiae apostolorum

Victoria Martyrium

Scientia Condessorum

Puritas virginum

Unctio sanctorum omnium

Propitius esto, parce nobis Domine

Porpitius esto, exaudi nos Domine

Ab omni peccato libera nos Domine

Ad omnibus tentationinbus et insidiis diaboli

Ab omnine presumptione e desesperatione

Ab impugnationem veritatis agnitae

Ab invidentia fraternae gratiae

Ab omni obstinatione et impoenitentia

Ab omni negligentia et tepore animi

Ab omni immunditia mentis et corporis

Senhor, vinde a nós

Cristo, vinde a nós

Senhor, vinde a nós

Divino Espírito Santo, ouví-nos

Espírito Paráclito, atendei-nos

Deus, Pai dos céus, tende piedade de nós

Deus Filho, redentor do mundo

Deus Espírito Santo

Santíssima Trindade, Deus uno

Espírito da verdade

Espírito da sabedoria

Espírito da inteligência

Espírito da fortaleza

Espírito da piedade

Espírito do bom conselho

Espírito da ciência

Espírito do santo temor

Espírito da caridade

Espírito da alegria

Espírito da paz

Espírito das virtudes

Espírito de toda a graça

Espírito da adoção dos filhos de Deus

Purificador de nossas almas

Distribuidor dos dons celestiais

Conhecedor dos pensamentos e das intenções do coração

Douçura dos que começam a vos servir

Coroa dos perfeitos

Alegria dos anjos

Luz dos patriarcas

Inspiração dos profetas

Palavra e sabedoria dos apóstolos

Vitória dos mártires

Ciência dos confessores

Pureza das virgens

União de todos os santos

Sede-nos propício, perdoai-nos Senhor

Sede-nos propício, atendei-nos Senhor

De todo o pecado, libera-nos Senhor

De todas as tentações e ciladas do demônio

De toda presunção e desesperação

Do ataque à verdade conhecida

Da inveja da graça fraterna

De toda obstinação e impenitência

De toda negligência e topor do espírito

De toda impureza da mente e do corpo

 
Ab haeresibus et erroribus universais

Ab omni malo spiritu

A mala et aeterna morte

Per aeternam ex Patre ex Filioque processionem tuam

Per miraculosam conceptionem Filii Dei

Per descensionem tuam super Christum baptizatum

Per sanctam apparitionem tuam in tranfiguratione
Domine

Per adventum tuum super discípulos Christi

In die iudicii.

Peccatores, te rogamus, audi nos

Ut nobis parcas

Ut omnia Ecclesia membra vivificare et sanctificare digneris

Ut verae pietatis, devotionis et orationis donum nobis dare digneris

Ut sinceros misericordiae charitatisque affectus nobis inspirare digneris

Ut spiritum novum et cor mundum in nobis creare digneris

Ut veram pacem et cordis tranquilitatem nobis dare digneris

Ut ad tollerandas propter iustitiam persecutiones nos dignos et fortes efficias

Ut nos in gratia tua confirmare digneris

Ut nos in numerum electorum tuorum recipias

Ut nos exaudire digneris

Spiritus Dei

Agnus Dei, qui tollis peccata mundi,
effunde in nos Spiritum Sanctum

Agnus Dei, qui tollis peccata mundi,
emitte promissum in nos Patris Spiritum

Agnus Dei, qui tollis peccata mundi,
da nobis Spiritum bonum

Spiritus Sanctum, audi nos

Spiritus Paraclite, exaudi nos

Emitte Spiritum tuum et creabuntur

Et renovabis faciem terrae

Oremus:

Deus qui corda fidelium Sancti Spiritus
illustratione docuisti, da nobis in eodem Spiritu
recta sapere et de eius semper consolatione
gaudere.

Per Christum Dominum nostrum.

Amen.

De todas as heresias e erros

De todo mau espírito

Da morte má e eterna

Pela vossa eterna procedência do Pai e do Filho

Pela milagrosa conceição do Filho de Deus

Pela vossa descida sobre Jesus Cristo batizado

Pela vossa santa aparição na transfiguração do Senhor

Pela vossa vinda sobre os discípulos do Senhor

No dia do juízo

Ainda que pecadores, nós vos rogamos, ouví-nos

Para que nos perdoeis

Para que vos digneis vivificar e santificar todo os membros da Egrégora

Para que vos digneis conceder-nos o don da verdadeira piedade, devoção e oração

Para que vos digneis inspirar-nos sinceros afetos de misericórdia e caridade

Para que vos digneis criar em nós um espírito novo e um coração puro

Para que vos digneis conceder-nos verdadeira paz e tranquilidade de coração

Para que vos digneis fazer-nos dignos e fortes, para suportar as perseguições pela justiça

Para que vos digneis confirmar-nos em vossa graça

Para que vos digneis receber-nos no número de vosso eleitos

Para que vos digneis ouvir-nos

Espírito de Deus

Codeiro de Deus que tirastes os pecados do mundo, enviai-nos o Espírito Santo

Codeiro de Deus que tirastes os pecados do mundo, mandai-nos o espírito prometido do Pai

Codeiro de Deus que tirastes os pecados do mundo, dai-nos o Espírito bom

Espírito Santo, ouví-nos

Espírito Santo, atendei-nos

Enviai o vosso Espírito e tudo será criado

E renovareis a face da terra

Oremos:

Deus que instruístes os corações de vossos fiéis, com a luz do Espírito Santo, concedei-nos que no mesmo Espírito, conheçamos o que é correto, e gozemos sempre as suas consolações .

Por Cristo, nosso Senhor.

Amen.

 

http://www.eon.com.br/unilae/glee61.htm


A CRUZ CABALÍSTICA

Ritual individual diário

Composto de quatro partes:

1 - Cruz Cabalística

2 - Traçado do Pentagrama

3 - Invocação dos Arcanjos

2 - Final


oradia12.bmp


1. A CRUZ CABALISTICA

1. Tocar a testa, dizendo: ATAH (A Ti)

2. Tocar o peito, dizendo: MALCHUTH (O Reino)

3. Tocar o ombro direito, dizendo: VE-GVURAH (E o Poder)

4. Tocar o ombro esquerdo, dizendo: VE-GDULAH (E a Gloria)

5. Entrelaçando os dedos das mãos sobre o peito (ou segurando sua arma à
sua frente) dizer: LE-OLAM AMEN (Para todo o Mundo Amen)

Enquanto executa o gesto, o praticante deve visualizar claramente a mão
como que traçando uma linha de Luz Branca
(alguns preferem vê-la negra brilhante)
desde do alto da cabeça, descendo ao plexo solar, e dali até os pés,
a localização microcósmica de Malchuth.

Deve-se visualizar também uma linha de Luz desde o ombro direito até o esquerdo,
enquanto se diz VE-GVURAH, VE-GDULAH, formando assim a Cruz.

No centro destra cruz visualizar uma Rosa em sua forma natural ou em forma estilizada.
A Rosa deve ser visualizada enquanto se vibra a palavra LE-OLAM AMEN.

Completa-se assim a chamada Cruz Cabalistica.


2. O TRAÇADO DOS PENTAGRAMAS

Para o Ritual Menor do Pentagrama INVOCANDO, o Pentagrama usado será o
de terra, assim:

 

1

4                     3

2         5

A figura é traçada no ar, mantendo-se o braço erguido, enquanto se segura a arma escolhida para traçá-lo.

a) De frente para o Oriente (no caso de Thelemitas, o NORTE), traçar o primeiro Pentagrama, tomando uma inspiracao profunda, apontar a arma para o centro da figura e dizer o nome divino YHVH (pronuncia-se YE-HO-VAH), usando todo o seu alento.

b) Mantendo a arma apontada para o centro do primeiro Pentagrama (o braço estendido em linha reta), virar-se para o SUL (à direita), repetir o mesmo processo dizendo ADNI (AH-DO-NAI).

c) Voltar-se para o Ocidente (à direita) e repetir o mesmo processo, dizendo AHIH (pronuncia-se EH-HE-YAY).

d) Finalmente, virar-se para a direita (Norte), repetir o processo dizendo AGLA (pronuncia-se AGLA).

e) Entao, mantendo o braço erguido com a arma, retornar ao Oriente (ou Norte), onde se iniciou, de modo que a arma fique apontada para o centro da figura ali anteriormente traçada.

f) As linhas dos Pentagramas devem ser "visualizadas" como linhas intensamente brilhantes. À medida em que cada Nome Divino é pronunciado, imagine-se que o mesmo é transportado (ou expande-se) aos confins do Universo.


 
3. INVOCACAO DOS ARCANJOS

Ainda voltado para o ponto inicial (Oriente ou Norte),
estender os braços em forma de Cruz e dizer alto e claro:

À minha frente RAPHAEL

Atrás de mim GABRIEL

À minha direita MICHAEL

À minha esquerda URIEL

Pois à minha volta flameja o Pentagrama
e na Coluna do Meio está a Estrela de Seis Raios

 


4. FINAL

Repetir a CRUZ CABALISTICA (1 a 5).

Este e' o Ritual de Invocação, o qual deve ser realizado, pela manhã ao acordar.

À noite, antes de dormir, faz-se o Ritual de Banimento, que consiste no mesmo, mudando-se apenas a direção do traçado do Pentagrama, para o seguinte:

2

4                     5

1         3

 http://www.eon.com.br/unilae/glee63.htm


 

 

 

TRAÇANDO UM PENTAGRAMA

Ritual individual

 

Para enfrentar entidades Elementais e não humanas, o Pentagrama ou Pentalfa é uma boa arma. Esta é uma estrela de cinco pontas traçada de forma especial.

Na mão direita, apontar os dedos médio e indicador, dobrando o anular e mínimo sobre a plama da mão e o polegar sobre as suas unhas.

Coloque a mão à frente do corpo, na altura do quadril esquerdo (o braço reto, cruzando o corpo); sempre apontando para a frente, subir em linha reta numa diagonal até atingir o ponto acima da cabeça e depois o movimento desce até a altura do quadril direito, formando um grande "V" invertido. Para completar o pentagrama, levar a mão até a altura do ombro esquerdo, e de lá para o direito, e sempre em linha reta, retornar à altura do quadril esquerdo.

 

http://www.eon.com.br/unilae/glee641.htm

 


 

 

O CÍRCULO MÁGICO

Ritual individual

 

OPERADOR: Em pé, voltado para o Oriente (Leste) - A corrente magnética para a operação flui do Leste para o Oeste.

Em primeiro lugar, o Operador deve purificar a sua áura; para isso desenha a Cruz Cabalística (braços iguais) sobre o peito e sobre a testa. Tocando a fronte ele diz: "Para Tí ó Deus, (tocando o plexo solar) - seja o Reino, (tocando o ombro direito), - o Poder (tocando o ombro esquerdo), e a Glória (juntando as mãos), pelos séculos dos séculos. Amen."

Em segundo lugar, o Operador imagina estar segurando em sua mão direita uma grande espada cruciforme, tal como representada na imagem dos Cruzados. Ele levanta a espada com a ponta para cima e diz: "Em nome de Deus, detenho a Espada do Poder que defende contra o mal e a agressão."

E imagina ter o dobro da sua altura, uma poderosa figura armada e vestida com uma cota de malha, vibrando com a força do Poder de Deus com a qual foi investida pela formulação da Espada do Poder.

Em terceiro lugar, o Operador imagina traçar no chão, com a Espada do Poder, o Círculo Mágico, e deve ver em sua imaginação uma linha de chamas seguindo a ponta da Espada. As chamas são iguais as obtidas com ácool, porém de cor amarelo-ouro. O Círculo deve ser traçado no sentido horário, (sentido do caminho do Sol), até que se complete. Tendo completado o círculo, o Operador faz desaparecer a espada, mas continua imaginanado o Círculo Mágico.

Em quarto lugar, o Operador junta as mãos e com a cabeça voltada para o Oriente (leste) e diz: "Que o poderoso arcanjo Rafael me proteja de todo o mal que se aproxime pelo leste." Vontando-se para o Sul, diz: "Que o poderoso arcanjo Miguel me proteja de todo o mal que se aproxime pelo Sul." Voltando-se para o Oeste, diz: "Que o poderoso arcanjo Gabriel me proteja de todo o mal que se aproxime pelo Oeste." Voltando-se para o Norte, diz: "Que o poderoso arcanjo Uriel me proteja de todo o mal que se aproxime pelo Norte."

 

Esta maneira de traça o Círculo é ideal para proteção pessoal, por exemplo do local onde se dorme, quando há necessidade.

http://www.eon.com.br/unilae/glee64.htm

 

 


 

EXORCISMO DA ÁGUA E DO SAL

( Tradicional)

  

Exorcismo do Sal

Apontando com o primeiro e segundo dedos para o Sal: 

- Eu te exeorciso ó criatura da Terra, pelo Deus Vivo, pelo Deus Sagrado, pelo Deus Onipotente, para que te purifiques de todas as influências malignas, em Nome de Adonai, Que é o Senhor dos Anjos e dos Homens.

Estedendo a mão sobre o Sal:

- Ó criatura da Terra, adora o teu Criador. Em Nome de Deus, Pai Todo-Poderoso, criador do Céu e da Terra, e no de Jesus Cristo, Seu Filho, nosso Salvador, eu te consagro para o serviço de Deus, em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amen.


 Exorcismo da Água

Apontando com o primeiro e segundo dedos para a Água:

- Eu te exeorciso ó criatura da Água, pelo Deus Vivo, pelo Deus Sagrado, pelo Deus Onipotente, para que te purifiques de todas as influências malignas, em Nome de Elohim Tzevaoth, Que é o Senhor dos Anjos e dos Homens.

Estedendo a mão sobre a Água:

- Ó criatura da Água, adora o teu Criador. Em Nome de Deus, Pai Todo-Poderoso, criador do Céu e da Terra, e no de Jesus Cristo, Seu Filho, nosso Salvador, eu te consagro para o serviço de Deus, em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amen.


 Juntando o Sal à Água

Derramando o Sal na Água:

Nós te suplicamos. Ó Deus, Senhor do Céu e da Terra, e de tudo que existe neles, visível e invisível, que Tu possas estender a mão direita de Teu poder sobre estas criaturas dos elementos e santificá-las em Teu Santo Nome. Permite que este Sal ajude a saúde do Corpo e esta Água a saúde da Alma, e que todo poder da adversidade e toda ilusão e artifício do mal sejam banidos no lugar em que ambos forem utilizados, por amor a Jesus Cristo nosso Salvador, Amen.


 Utilização - Exorcismo

- Pelo Nome que está acima de todos os outros nomes, e pelo poder do Pai, do Filho e do Espírito Santo, eu exorcizo todas as influências e sementes do mal e derramo sobre elas o conjunto da Santa Igreja de Cristo, para que possam ser presas rapidamente com as correntes e arrojadas nas trevas exteriores, e que elas não perturbem os servos de Deus.

Apontando ou fazendo o Sinal da Cruz, os dedos indicador e médio são estendidos e o anular e o mínimo são dobrabos contra a palma da mão, com o plegar repousando sobre suas

unhas. Quando a mão é extendida para abençoar o Sal e a Água. Conservá-la plana, com os dedos juntos e paralelos, o polegar estendido em ângulo reto ao indicador.

http://www.eon.com.br/unilae/glee644.htm

 


 

MANIFESTAÇÕES NOS PLANOS

Comentário de Diane Fortune

 

A Manifestação tem lugar quando o Um se divide em Dois, que agem e reagem um sobre o outro.

A Manifestação termina quando a Muiltiplicidade é solucionada ou re-absorvida na Unidade.

Para elevar qualquer fator de um Plano Inferior para um Plano mais Alto, concebemos o seu oposto e reconciliamos o par na imaginação e na percepção.

Para trazer qualquer fator de um Plano mais Alto para um Plano Inferior, é preciso analisá-lo considerando, separadamente, os seus fatores contraditórios, que são mantidos em equilíbrio na sua natureza. Para fazer isto imaginamos os extremos opostos, que ele é capaz de ter e de expressar separadamente, embora conservando, na consciência, a sua unidade essencial quando em equilíbrio.

Qualquer par de fatores, dividido a bem da manifestação, age e reage um sobre o outro, lutando alternadamente para estabelecer uma união e, fazer uma troca de magnetismo, tendo havido a troca, eles reagem entre sí e passam a se repelir tentando estabelecer cada um sua individualidade isolada, e assim por diante…

 http://www.eon.com.br/unilae/glee642.htm

 

 

RITUAL

BENÇÃO DE UMA PESSOA DOENTE

Desde que os Operadores e a pessoa doente tenham fé, uma cura ou melhora considerável é garantida. Oração e Fé quase que garantem a presença do Todo-Poderoso entre nós e então temos o caso de um milagre. A grandeza de obtenção da graça dos poderes curativos é diretamente proporcional à nossa fé. Membros da família ou amigos da pessoa doente podem estar presentes.. (se este é o caso o serviço pode ser aberto e fechado cantando-se um hino, se desejado (isto é opcional).


 

Parafernália: duas velas acesas colocados sobre uma mesa, que possam ser vistas pela pessoa doente ( que deve estar confortavelmente sentada ou deitada sobre a cama). Um Crucifixo feito de madeira (uma cruz de madeira com a figura do Cristo ou de uma rosa). Um incensador, ou incenso sobre brasas incandescentes ou um bom incenso de bastão. Uma pequena tigela de porcelana com água fresca, a qual foi adicionada uma pitada de sal. Um pequeno copo ou cálice pequeno contendo aproximadamente uma colher de sopa de vinho tinto e um pequeno prato onde está colocada uma hóstia ou pequeno cubo de pão de trigo integral.

A operação de cura é realizada com a ajuda de um assistente. O Operador e o assistente devem utilizar balandruáus brancos. Eles devem estar bastante familiarizados com todos os pré-requisitos das operações teúrgicas. A operação pode também ser realizada por uma única pessoa, se não for possível ter um Assistente, neste caso o Opreador conduz todo o serviço por sí só.

Nota: sempre que o sinal

for mostrado, o Sinal da Cruz deve ser feito duas vezes - uma vez sobre sí mesmo, da testa para o umbigo, e então de um ombro ao outro, e então sobre o objeto ou pessoa sendo abençoado. Para fins teúrgicos, não há diferença essencial se o Sinal da Cruz é feito tocando-se primeiro o ombro direito ou esquerdo (tradições Ortodoxa ou Romana respectivamente). Mas é aceitável que voce se curve ligeiramente sobre sí mesmo ou em direção ao objeto ou pessoa sendo abençoado.

Seja fazendo o sinal sobre sí mesmo, sou sobre o objeto ou pessoa sendo abençoado, em todos os casos, o sinal deve ser feito devagar, com toda a dignidade inerente aos poderosos meios teúrgicos, utilizando-se um amplo movimento da mão direita, como se contido num quadrado de 50 cm de lado.

 A asperção de água benta deve ser realizada similarmente a cruz, com um rápido e energético movimento da mão, de modo que a água atinja seu alvo.

( uma escova saturada com água também pode ser utilizada).

Lembre-se: Genuflexões e curvaturas são partes integrantes da Tradição Cirstã e devem ser empregados durante o serviço de acordo com a escolha do Operador.


O Ritual

: O Operador está em pé diante da parafernália. O ritual inicia-se com o Operador acendendo as velas e o incenso. O Operador deve manter a sua mente fimemente concentrada no que está fazendo e dizendo, e não permitir que sua atenção seja desviada.

OPERADOR:

(de frente para a pessoa doente)

Nossa defesa é em nome do Senhor
Que criou o Céu e a Terra
Senhor, ouví nossa oração,
e deixai nossa súplica subir a Tí !

OPERADOR:

(vira-se e abençao a parafernália)

Oh Senhor, em cuja luz todos nossos atos e mesmo os pequenos pensamentos são santificados ! Nós Te pedimos que extendas Tuas bençãos

a estas criaturas (nomear os ítens da parafernália) e as torne canais dignos para expressão de Teu perfeito Amor, Luz, Saúde e Força. Possa Teu servo (nome do Operador) utilizá-las de acordo com a Tua vontade e Tua lei, o que somente, Tua bondade, pode conceder. Através da invocação do teu mais Santo Espírito, concedei saúde ao corpo, salvação à alma e tudo que for necessário para esta vida, para as quais nós suplicamos com fé e devoção. Através de Jesus Cristo, nosso Senhor ! Amen.

OPERADOR:

               Que a paz esteja neste lar !

ASSISTENTE:

            E em todos seus habitantes.

OPERADOR:

suavemente asperge água benta no doente, na cama, em todo o aposento e em todos os presentes, enquanto diz:

Asperges me hyssopo - mundabor !

Lavabis me aqua - et super nivem dealbator !

OPERADOR:

está em pé, de um lado da cama e o Assistente está do outro lado. O Assistente agora lê um dos Salmos seguintes, escolhido pelo Operador: (6,31,37,50,90).

OPERADOR:

          † Senhor, tende misericórdia,

Cristo, tende misericórdia,
Senhor, tende misericórdia !

Todos dizem a Oração do Senhor:

Pai nosso que estás no céu …

OPERADOR:

              Oremos !

Senhor Jesus Cristo, deixa Tua paz e misericórdia entrarem neste lar juntamente com minha humilde pessoa; deixa que toda a malícia dos demônios despareça deste lugar; e deixa o anjo da paz descer aqui ! Faz com que toda discórdia e desentendimento abandone este lar ! Oh Senhor, faz com que a grandeza de Teu nome brilhe para nós; Abençoa nossos pedidos: Tu, que és sagrado e misericordioso, e que vives eternamente com o Pai, e o Espírito Santo, por todos os séculos dos séculos. Amen.

Olhai, Senhor, para Teu servo (nome da pessoa doente) que está sofrendo de enfermidades do corpo e renova sua alma, a alma que Tu criastes: fazei com que ela se aperfeiçoe através deste julgamento e deixai que ela sinta-se permanentemente segura através da Tua misericórdia.

Através de nosso Senhor Jesus Cristo. Amen.

Oremos

Oh Senhor, misericordioso consolador dos fiéis, nós imploramos Tua imensa bondade para que no momento da chegada de minha humilde pessoa, assim como Tu visitastes a sogra de Simão, Tu também te dignes entrar, e visitar, Teu servo (nome da pessoa doente), prostrado neste leito de sofrimento. Sejas propício a ele, Oh Senhor, para que após recobrar a sua saude, possa ele ser capaz de ir pessoalmente à Tua Igreja, para dar graças a Tí, meu Deus, que vive e governa por todos os séculos, dos séculos. Amen.

Oremos

Oh Deus, que sozinho possui toda a misericórdia, aceita nossa oração: possamos nós e Teu servo (nome da pessoa doente), presos pelas correntes do pecado, sermos libertos graças a Tua infinita misericórdia ! Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amen.

Oremos

Oh Deus, o único socorro de nossas enfermidades humans, prove o poder de Tua ajuda para este teu servo doente: deixa-o, suportado por Tu a ajuda misericordiosa, ser capaz de aparecer na santa Igreja, em boa saúde. Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amen.

Oh Senhor Deus, nós imploramos a Tí, conceder a Teu servo (nome da pessoa doente), a alegria da saúde permanente para sua alma, assim como para o seu corpo: e através da gloriosa intercessão da bem-aventurada sempre Virgem Maria, libertá-lo da presente tristeza para que possa gozar da eterna alegria. Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Amen.

ASSITENTE:

toma o Crucifixo e o segura. A base está na palma de sua mão esquerda, na altura da cintura. O Assistente está em pé, de um lado da cama, o Operador está do outro lado.

OPERADOR:

Oh Jesus, possam o poder do Pai, a sabedoria do Filho e a virtude do Espírito Santo curar esta doença (nome da doença) em nosso querido Irmão (nome da pessoa doente).

Oh Jesus, nosso Senhor Jesus Cristo, nós acreditamos que na noite da santa Quinta-feira, na Santa Ceia, após ter lavado os pés de Teus discípulos, Tu tomaste o pão em Tuas masi sagradas mãos, abençoaste-o, e partiste-o entre Teus apóstolos dizendo: aceitem-no e comam-no, pois este é o meu corpo. Similarmente, Tu tomastes ocálice em tuas masi sagradas mãos, destes graças e o passate a eles dizendo: acitem-no e bebema, pois este é o meu sangue da nova aliança, o qual será derramado para muitos, para remissão dos pecados: cada vez que fizerem o mesmo, fçam-no em minha memória. Nós Te pedimos Senhor e Salvador, que através destas mais santas palavras e através da sua virtude e através do mérito de Tua mais sgarada paixão, esta doença será curada e este mal sairá de nosso querido Irmão (nome da pessoa doente). Oh Jesus ! Em nome

do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amen.

OPERADOR:

toma o cálice em uma mão e a hóstia/cubo na outra. Ele retorna para o lado da cama, segurando a hóstia entre o polegar e o indicador, mergulha-o no vinho, faz o Sinal da Cruz com ele e o coloca sobre a língua da pessoa doente.

ASSITENTE:

lê o Salmo Nº 5 e então o Evangelho de São João 5:1.9.

OPERADOR:

recoloca o cálice na mesa, retorna para o lado da cama e extende as suas mãos sobre a pessoa doente.

O Assietente diz a seguinte oração:

ASSITENTE:

Eles irão impor as suas mãos sobre o doente, e eles irão melhorar a sua saúde. Possa Jesus, o filho de Maria, salvaçao do mundo e nosso Senhor e Salvador, sempre ser clemente e propício a voce (nome da pessoa doente), através da intercessão dos apóstolos São Pedro e São João. Amen.

OPERADOR:

               retirai a suas mãos.

ASSISTENTE:

lê o evangelho de São João 1:1.12.

OPERADOR:

abençoa a pessoa doente, com a seguir:

Que as bençãos de

Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo venham desçam sobre voce e mantenham-se em sua guarda, e para sempre. Amen.

OPERADOR:

volta-se para cada pessoa no recinto, que participou do serviço, vai a cada uma delas e traça uma pequena cruz sobre seus corações, com seu polegar. Apaga as velas e o incenso.

 

http://www.eon.com.br/unilae/glee643.htm
http://www.eon.com.br/unilae/glee643.htm

FINAL DO SERVIÇO


 

 

 

 

duas máximas de Eliphas Levi

1Não há nada oculto que não deva ser conhecido e não há nada guardado que não possa ser revelado.

2Dizer a verdade para aqueles que não podem entendê-la, é mentir para eles.
Desvelar a Verdade para estas pessoas, é profaná-la.


RITUAL

RITUAL MÁGICO DO SANCTUM REGNUM
(Eliphas Levi)

 

A ORAÇÃO CABALÍSTICA

Sejam favoráveis a mim, Oh Poderes do Reino Divino

Possam a Glória e a Eternidade estar em minhas mãos, esquerda e direita,

para que eu possa obter a Vitória

Possam a Piedade e a Justiça restaurarem minha alma à sua pureza original

Possam o Entendimento e a Sabedoria Divinos conduzirem-me à eterna Coroa

Espírito de Malkuth, Tú que trabalhastes e coniquistastes;

colocai-me no Caminho do Bem

Guiai-me aos dois pilares do Templo, Jakim e Boaz,

para que possa repousar sobre eles

Anjos de Netzah e Hod, sejais meus pés,

para que possa postar-me firme sobre Yesod

Anjo de Gedulah, consolai-me. Anjo de Geburah,

atinjí-me, se necessário, e fazei-me mais forte,

para que eu possa merecer a influência de Tifereth

Oh Anjo de Binah, dai-me Luz

Oh Anjo de Chokmah, dai-me Amor

Oh Anjo de Kether, concedei-me a Fé e a Esperança

Espíritos do Mundo Yetzirático, retirai-me das trevas de Assiah

Oh triângulo luminoso do Mundo de Briah,

fazei-me ver e entender os mistérios de Yetzirah e Atziluth

Oh Sagrada Letra Shin

Oh Ishim, assistí-me pelo nome de Shadai

Oh Kerubin, dai-me força através de Adonai

Oh Beni Elohim, sejais meus irmãos em nome de Tzevaot

Oh Elohim, lutai por mim, pelo Sagrado Tetragramaton

Oh Melakim, protejei-me através de Jehovah

Oh Seraphim, dai-me amor sagrado em nome de Eloha

Oh Chashmalim, iluminai-me pelas tochas de Eloi e da Shekinah

Oh Aralim, anjos de poder, sutentai-me por Adonai

Oh Ophanim, Ophanim, Ophanim, não esquecei de mim,

e não me retirai do Santuário

Oh Chaiot ha Kadosh, gritai alto como águia,

falai como homen, rugí e abaixo

Kadosh, Kadosh, Kadosh, Shadai

Adonaim Jehovah, Ehyeh asher Ehyeh

Haleluia. Haleluia. Haleluia.

Amen. Amen. Amen.

Esta Oração deve ser feita toda manhã e toda noite, e deve ser recitada como uma preliminar a todos os grandes cerimoniais mágicos e Cabalistas; deve ser recitada voltada para o oriente com os olhos elevados aos céus,
ou fixos no emblema Cabalístico do sublime Tetragramaton.


Magus

Ao aplicar ambos, o corpo e a alma à Alta Magia, você deverá defender-se de todas as fôrças cegas do mundo e do Hades.

A terra enviará as Bacantes de Orfeu e as tentações que assaltaram a Sansão e a Salomão, mesmo as pedras irão levantar-se e atirar-se sobre você. Como defesas você possuirá o Mundo Divino, a aura, a espada mágica, a vara magnética, a água consagrada, o fogo sagrado, mas acima de tudo o poder vigilante de sua invocação.

Se você é Real você pode contar com revoltas e complôs para forçar os poderes espirituais a te obedecerem.

Execute a conjuração dos Quatro através do Pantáculo de Ezequiel, e prossiga pelos métodos Triádico e Setenário, e pelo Pantáculo do Hexagrama de Salomão, que é o Símbolo do Macrocosmo.


A Tétrada

Para a conjuração da Tétrada, o Quatro, você deve ativar os poderes dos quatro elementos propriamente consagrados, e você deve traçar no ar e sobre a terra os petagramas do fogo e da água; então faça quatro expirações da respiração, e recite – fazendo a cruz – NICKSA, GHOB, PARALDA, DJIN.

Fluat udor per Spiritum Elohim

Deixai as águas fluirem, através da energia espiritual de Elohim ou,
as Ondinas devem retroceder, através da influência desta água consagrada.

Maneat terra per Adam

Deixai a terra permanecer sólida através de Adão. Trabalhem os Gnomos, segundo meu desejo ou,
retornem para a terra na qual eu posso aprisioná-los através deste Pantáculo.

Fiat firmamentum per Elohim

O firmamento deve persistir através de Elohim. Submetam-se os Silfos ou,
pereçam sob a corrente do meu sôpro.

Fiat judicium per ignem

Deixai o decreto ser cumprido pelo Fogo. Acalmem-se as Salamandras ou,
sejam coagidas pelo fogo sagrado.

A Ondina pode ser formulada como uma forma angelical com olhos de morte; o Gnomos como um boi alado, o Silfo como uma águia acorrentada, e a Salamandra como uma serpente deslizante.

Invocação em Latim

O caput mortuum impero tibi per vivum Serpentem

Kerub impero tibi per Adam

Aquila impero tibi per alas Tauri

Serpens impero tibi per Angelum et Leonem.


A Heptada

A conjuração da heptada – o Sete, é feito com a Vara Mágica e fumigações (incensamento) através dos
Sete Espíritos Planetários.

Conjuração Planetária

Em nome de Michael, a quem Jehovah decretou comandar Satan !

Em nome de Gabriel, a quem Adonai decretou comandar Belzebu !

Em nome de Rafael obedecei Elohim oh Sachabiel.

Por Samael Tzevaot, e em nome de Elohim Gibbor, abaixai tuas armas oh Adramelek.

Por Zachariel e Sachiel Melech, submetei-vos ao poder de Eloah, oh Samgabiel.

No nome divino e humano de Shadai, e pelo poder de Anael, de Adão e Chavah, oh Lilth retirai-vos, deixai-nos em paz, oh Nahemah.

Pelo sagrado Elohim, e pelo poder de Orifiel, em nome dos espíritos Cassiel, Schaltiel, Aphiel, e Zarahiel, voltai ou Moloch, não há crianças aqui para tu devorares.

Voce deve traçar no ar e sobre a terra, com a Vara Mágica, o famoso e poderoso Hexagrama, o sêlo de Salomão.


A Tríade

A Conjuração dos Três é realizada com o Tetragramaton, pronunciando-se três vezes em voz profunda e sonora as Três letras do Grande Nome; traçando no ar e sobre a terra os signos dos quatro raios da Roda da Visão de Ezequiel , com as palavras Yod, Heh, Vau, Heh, e então fazer o sinal da Cruz.


Magus

Você deve entender que os nomes Satan, Belzebu, e outros como eles, não significam personalidades, mas sim legiões de espíritos impuros.

Meu nome é Legião, disse o Espírito das trevas, porque nós somos inumeráveis; no inferno, o reino da anarquia, é o número que faz a lei, e progresso é inverso; pois lá os mais degradados são os mais inteligentes e os mais fracos. Então a lei da fatalidade compele os demônios a descer quando eles creem e desejam subir; e assim aqueles aqueles a quem eu chamo de Chefes são os mais impotentes e os mais desprezíveis de todos eles.

Estes máus espíritos que formam a multidão, tremem ante um Chefe que é desconhecido, implacável e surdo, nunca falando, e cujo braço está sempre levantado para bater. A este fantasma são dados os nomes de Lucifer, Adramelek, e Belial; mas este fantasma não é mais que a sombra de Deus, desfigurada pela sua perversidade, e permanece entre eles para atormentá-los e aterrorizá-los para todo o sempre.

Estejais guardado nas palavras que pronunciares. Não faleis de Deus, a menos que sejas iluminado. Todas as imagens que criares, sejam de Deus ou de outros ideais, permanecem impressas no meio luminoso – a Luz Astral da alma e do mundo;
e há o Livro da Consciência o qual deve ser aberto e seus registros revelados no Último Dia.

Sabeis que o Cérebro Humano, embora ele receba, não produz registros visíveis das impressões; caso contrário elas seriam gravadas na matéria cinzenta do cérebro, e os anatomistas as veriam lá.

A substância nervosa percebe e coleta, por meio desta essência (a Luz Astral), as vivas e indeléveis imagens da atmosfera espiritual que evocardes. Podeis, por sí mesmo, por simpatia, presente ou passada, com os desejos, evocar as impressões de outras pessoas; e assim é que pode comunicar com aqueles que estão mortos e mesmo perceber as formas corporais que eles deixaram de lado, e as quais devem retomar quando a grande Consumação chegar e o mundo se transfigurar.

Assim também deveis responder àqueles que te perguntarem onde se situam o Paraíso e o Inferno, deveis responder: o Paraíso existe onde quer que se fale a verdade; o Inferno está presente sempre que se falar falsidades ou fazer o mal.

Paraíso e Inferno não são locais, são estados, e os estados contrários permanecerão pela eternidade; mesmo que o bem deva permanecer sempre em oposição ao mal; assim como a essencialidade de uma personalidade é oposta àquela da Existência Inteligente, que é Liberdade.

O meio plástico universal, a substância insubstancial, que é luz, movimento, e vida; esta força magnética adrógina, recebe, preserva e comunica-se com todas as formas e imagens que são as impressões do Mundo: é a que dá côr as plantas; é ela que estampa sobre o fruto do ventre materno as impressão de seus pensamentos e seus desejos.
É ela que produz aparições e visões sensíveis de exaltação e ectasia, quando os Poderes Espirituais Superiores comunicam-se conosco através de conrrepondências com o Mundo, ou os espíritos Inferiores procuram trazer para nosso plano, através de simpatia com nossas paixões grosseiras.

Não há um isolamento real neste mundo, não há nenhum ponto de forma e nenhuma variedade de pensamento que não tenha sua correspondência, ítem por ítem, através da analogia, com aquilo que está em cima, assim como com aquilo que está em baixo, nos mundos infinitos e finitos. Este é o verdadeiro ideal da mística Escada de Jacob cujos degráus estão unidos entre sí pelos dois Pilares de Luz, que provem a contínua circulação de Luz e de Amor por todo o Universo.

Nada enteiramente novo acontece sob o Sol; causas levam a novas causas e efeitos precedem a estas. Intuições Proféticas não são mais que o resultado de considerações de analogias entre o passado e o futuro, lidas naquele luminoso volume composto por caracteres móveis, porém incorruptíveis, como as ondas do mar.
Então segue-se que, que adivinhar – é ver.


Magus

Mantende-te assim, pela lei natural, imortal.
Serias então para sempre o escravo das causas secundárias, ou tornarte-ia seu controlador ?
Submeterse-ia a elas, ou irieis escolher a mais alta atlternativa de dirigí-las ?

Se te tornares um Mestre, libertai o teu espírito confiando na Pedra Hermética, e exercitai o teu Poder Vontade, transmutando o Mundo em ação. Junta-te a uma Inteligência, libera verdadeiramente um Desejo todo-poderoso e encontrarás a tí mesmo Mestre dos poderes dos Elementos. L.P.D.

Liberdade, Poder, Despostismo. O Poder é o equilíbrio correto entre o Despostismo e a Liberdade. Esta é a solução do Enigma das três letras que o Iniciado Cagliostro formulou para representar a Cabala da estabilidade política e social.

Liberdade é Chochmah
Despostimo é Binah
Poder beneficiente é Kether
Liberdade é Gdulah
Despostimo é Gvurah
Poder beneficiente é Tifereth
Liberdade é Netzach
Despostimo é Hod
Poder beneficiente é Yesod

Na essência da Causa Primeira, Liberdade tem Necessidade como contrapartida; essa Necessidade é o despostimo da Suprema Razão, e resultante deste equilíbrio há um Poder Absoluto e Sábio.

Se buscares ser absoluto, sejais antes sábio; e se fordes sábio, então buscai ser absoluto. Para ser um Mestre, deveis ser livre; e para serdes livre deveis ter obtido a maestria de tí mesmo.

Liberdade é Jakin.
Despostimo é Boaz.

O Poder é reprentado pelo Portal do Templo que se encontrava entre elas.
Quatro frases constituem e incluem tudo que é requerido para a possessão do Poder mais Alto da Magia:

Saber.
Ousar.
Querer.
Calar.

O Conhecimento é representado pela cabeça Humana da Esfinge.
A Coragem, pelas asas da Águia.
O Desejo, pelas madíbulas do Leão, e pelo lombo do Boi.
O Segredo, pelo seu silêncio de pedra e pela resposta escondida de seu enigma.

Quando o pupilo tiver alcançado o significado, e puder colocar em prática, estes quatro requisitos, ele então receberá permissão para Amar.


Magus

Cada força corresponde a todas as forças, e pode tornar-se toda-poderosa nas mãos de quem sabe dirigí-la e utilizá-la.
Cada forma de fraqueza possui simililaridade com todas as fraquezas, e pode tornar-se escrava de alguém que é forte e sabe utilizar-se disso para sí.

Através do conhecimento deste segredo o Magus comanda da mesma maneira as forças do céu e do inferno, e elas não tem alternativa a não ser submeterem-se à sua Vontade.

Compreendei claramente que uma inteligência que é Livre, é necessariamente tanto justa quanto sábia. Nero e Calígula eram possuídos pelo desejo despótico, mas sua inteligência não era livre; intoxicados pelo poder absoluto, eles foram atacados pela vertigem da loucura.

O poder da vontade absoluta, se não for guiado por um Razão verdadeira, é a quintessência do Diabo; e aqui está a explicação dos segredos da Magia Negra, que leva à loucura da mente e ao envenenamento do corpo. Assim diz-se que o feiticeiro dá-se ao Demônio, e no final o Demônio irá torcer o seu pescoço.


Magus

Deveis aprender o último segredo da força mágica e estágio final do poder da vontade humana.

É a resistência à Atração Universal; isto é conquistar a natureza, é a Autoridade real da Alma sobre o Corpo; é a Continência. Ter o poder e a oportunidade de fazer o que dá prazer, e mesmo assim abster-se porque assim se o deseja; isto mostra o poder real da Alma sobre o Corpo.

Feliz é o homem que assim pode estar colocado; e assim agir: pois isto o uso mais sublime da Liberdade é a obediência absoluta. Sem obediência nenhuma sociedade pode continuar existindo. É por isto que os Magos louvaram o Cristo na magedoura em Belém.

Cristo, o filho de Deus, o maior de todos os Iniciados, e o último Iniciador.

Mas Cristo tinha, como todos os grandes mestres t iveram, um ensinamento para o povo e também uma doutrina esotérica. Para João, o discípulo amado, ele confidenciou os mais profundos mistérios da Sagrada Cabala; e João mais tarde os revelou-os no seu Apocalipse, que é verdadeiramente uma síntese dos primeiros trabalhos mágicos, porféticos e Cabalísticos.

O Apocalipse requer como sua chave ou Clavícula, a Roda de Ezequiel, a qual é explanada pelos hierogliphos do Taro.

Nota:

A carta final do Taro, 21, Tav, chamada de "O Mundo" representa uma figura angelical ou humana, flutuando no ar, quase despida, e segurando duas baquetas, uma em cada mão. A figura é mais feminia do que masculina. A sua volta há uma guirlanda oval de fôlhas, e for a desta, nos quatro cantos, são colocados os emblemas Querúbicos de um homem, leão, águia e touro. Esta figura representa a Verdade, er o significado místico do Microcosmo, é o resumo de tudo em tudo.


Máximas Ocultas e Religiosas

Toda palavra perdida é uma falta.

Mostre seu conhecimento por suas ações.

Aquele que não manifesta o seu louvor não tem religião.

Melhor é a superstição do que a impiedade.

Deus julga as ações e não pensamentos vãos.

Alquimia

Antes da aurora do Microcosmo, Azoth era a Águia e voava, era o Leão real, era o Mastodonte da terra e o Leviatã do mar. Quando a Esfinge de cabeça humana apareceu, Azoth tornou-se Homem entre os homens, e Espírito entre os Elementais.
Cada substância pode e deve tornar-se Azoth, por adaptação.
No Azoth está o princípio da Luz, que é a quintessência do Explendor e do Ouro. Este é o grande segredo da transmutação universal.

 

                       

 

 

                              

 http://www.eon.com.br/unilae/glee645.htm 


   


http://www.eon.com.br/ind.htm#top

 

Litania da Virgem Maria

baseado no trabalho de
J.M. Ragon - maçon hermético (1781 - 1862)

Na antiguidade, a humanidade baseava-se nos ciclos naturais, tanto da natureza terrestre mais próxima, quanto da celestial para as suas celebrações iniciáticas, rituais e sacrifícios.
Assim o Sol, a Lua, as Estações do Ano, os Planetas do Zodíaco, as Estrelas, e outras fases da Natureza tinham um significado especial, tanto para as pessoas leigas em geral, quanto para os sacerdotes e iniciados, que lhes dedicavam maior atenção.

Neste mesmo contexto, desde os primórdios, encontramos referências ao culto do Sol e da Lua como uma mitologia praticamente universal a todos os povos, que, de forma muito mais intensa do que se pode imaginar à primeira vista, estão representados no culto a Jesus e Maria.

Maria
Isis, Rea, Cibeles, Diana, Hécate, Juno, Vesta, Ceres, Astarté, Venus…

Pater de cælis, Deus
Filius, redemptor mundi, Deus
Spirictus Sanctus, Deus
Sancta Trinitas, unus Deus

a trindade:

Brahma, Krishna e Vishnu
Osiris, Isis e Horus
O Sol , a Lua e o Venerável
Força, Sabedoria e Beleza
Karma, Providência e Vontade

Filius Redemptor Mundis - o Filho é o Sol, Horus filho de Osíris e Ísis. Osíris, Deus Pai - o Sol Eterno; Hórus, Deus Filho - o Sol Anual, e Ísis - a Virgem Maria, Nossa Senhora o Espírito Santo da Gnosis.

A mãe está ligada à Terra e a Lua. Mater Christi - Mãe do Redemptor - o Sol e os doze signos do Zodíaco, Jesus Cristo e os 12 apóstolos, Filho de Deus - Sancta Dei Genitrix - Mater Creatoris - Mater Salvatoris.

Maria é representada com o quarto crescente a seus pés. Astarté na Fenícia era representada com cornos na cabeça, a mesma Lua de Maria e de Ísis, mostrada na segunda carta do Taro pela Sacerdotisa ou Gnosis, com o véu que cobre o seu rosto, indicando a pureza, a castidade, Mater divina gratiæ - Mater purissima - Mater castissima - Mater inviolata.

Encontramos Maria a Mãe Virgem, representada pela Lua, como mãe do Sol, em toda a mitologia da antiguidade: Adonaia mãe de Adonis, deus solar; Milita (Venus Assíria) deusa da natureza; Alilat que os Árabes representam com a Lua; Selene irmã de Helion deus-Sol dos Gregos; Ceres a mãe de todos os seres adorada em Athenas - Vas Spirituale, Vas Honorabile, Vas Insigne Devotionis.

Amada Ceres - Sancta Maria
Gran diosa - Dei genitrix
Mãe Universal - Mater admirabilis

Maria com a Lua nos pés - Virgo Potens, aTerra nas mãos - Domus Aurea, coroada com as duas torres da firmeza - Turris Davidica, Turris Eburnea, sempre confortante - sedes sapientiæ - causa nostræ letitiæ, realizando a ligação entre a terra e os céus - Fœderis Arca, Maria sine labe originali concepta, e subindo aos céus - Regina in cælum assumpta.

Se escavarmos em baixo dos altares das virgens mães da antiguidade, anteriores à virgem reinante da atualidade, a Virgem Maria, encontraremos uma admirável semelhança nas qualidades e carcaterísticas atribuídas a esta mãe universal, como Ísis a quem os antigos gregos chamavam de mynonyme a deusa dos dez mil nomes.

Assim como o Sol no céu era Febo, na terra era Apolo e nos infernos Plutão; a Lua no céu era Febe, na terra Diana, Ge, Gea, Ceres, Teres ou Latona, e nos infernos Proserpina ou Hécate.
Como Diana era a deusa da castidade - Regina Virginum - Regina sine labe originali concepta. Como Febe - estrêla da manhã - Stela Matutina e Hécate - estrêla vespertina - Janua cæli, a quem os pagãos se dirigiam…

Maria Mãe de Deus, teve seu culto introduzido pelo papa Gregório I, no Concílio de Calcedonia, no século VII, para recorrer aos ritos dos Judeus e dos Pagãos no âmbito de seu pontificado.

Ao seu culto foram introduzidos os rituais do mundo antigo, que muito pouco tempo antes haviam sido considerados perigosos e pagãos pela mesma Igreja Romana. ( O mesmo ocorre com a mudança da data de nascimento de Jesus Cristo, para 25 de dezembro, concidindo com a festa de Apolo, Deus Sol dos Romanos, no Século III).

Na verdade, a Igreja Romana, reconheceu o que toda a antiguidade sabia e cultuava nas diversas personificações das Mães Virgens mitológicas, personagens simbólicos da
Natureza Universal.


Hoje Maria é o ícone atuante do Cristianismo, aparecendo por todo o mundo, pendido-nos orações - Regina sacratissimi rosari, pedindo-nos a paz - Regina Pacis,e profetizando uma grande mudança nos próximos tempos, um renascimento de toda a Natureza, a purificação da Mãe Terra, tão maltratada e poluída nos últimos séculos…

… "A natureza clama vingança contra os homens e treme de espanto
à espera do que deve acontecer na terra encharcada de crimes.
Tremei, terra e vós, que fazeis profissão de servir a Jesus Cristo,
e que interiormente adorais a vós mesmos,
temei pois Deus vos entregará ao seu inimigo…"
(os segredos de Maria - Abade Gouin).

… "A terra está contaminada, diz a Virgem; a humanidade, doente.
As chamas infernais já chegam na superfície da terra.
Não cabe afastar a possível extinção de toda a estirpe de Adão…"
(janeiro de 1991, a Virgem em Medjugorje)

… "Deus irá castigar o mundo bem depressa… Nossa Senhora me disse que,
esgotados os outros meios desprezados pelos homens,
oferece-nos, com tremor, a última âncora de salvação:
A Santíssima Virgem em Pessoa, suas numerosas aparições,
suas lágrimas, mensagens de videntes espalhados por todo o mundo… "
(1959, mensagem de Irmã Lúcia, vidente da Virgem em Fátima em 1917 )


Ladainha de Nossa Senhora

Kyrie Eleison
Christie Eleison
Kyrie Eleison
Christe, audi nos
Christe, exaudi nos

Pater de caelis Deus,
miserere nobis
Filii, redemptor mundi, Deus
Spiritus Sancte, Deus
Sancta Trinitas, unus Deus
Sancta Maria, ora pro nobis
Sancta Dei genitrix
Sancta virgo virginum

Mater Christi
Mater divina gratiae
Mater purissima
Mater castissima
Mater inviolata
Mater intemerata
Mater amabilis
Mater admirabilis
Mater boni concilii
Mater Creatoris
Mater Salvatoris

Virgo prudentissima
Virgo veneranda
Virgo praedicanda
Virgo potens
Virgo clemens
Virgo fidelis

Speculum justitiae
Sedes sapientiae
Causa nostrae laetitiae
Vas spirituale
Vas honorabile
Vas insigne devotionis
Rosa mystica
Turris Davidica
Turris eburnea
Domus aurea
Foederis Arca
Janua caeli
Stella matutina
Salus infirmorum
Refugium Pecatorum
Consolatrix afflictorum
Auxilium christianorum

Regina angelorum
Regina patriarcharum
Regina prophetarum
Regina apostolorum
Regina martyrium
Regina confessorum
Regina virginum
Regina sanctorum omnium
Regina sine labe originali concepta
Regina in caelum assumpta
Regina sacratissimi rosarii
Regina pacis

Agnus Dei,
qui tollis peccata mundi,
parce nobis, Domine
Agnus Dei,
qui tollis peccata mundi,
exaudi nos, Domine
Agnus Dei,
qui tollis peccata mundi,
miserere nobis

Ora pro nobis sancta Dei genitrix
Ut digni efficiamur
promessionibus Christe

Oremus:

Concede nos famulos tuos, quaesumus Domine Deus, perpetua mentis et corporis sanitate gaudere; et gloriosa Beatae Mariae semper virginis, intercessione a praesenti, liberari tristitia, et perfrui laetitia. Per Christum Dominum nostrum.
Amen.
Vinde a nós Senhor
Vinde a nós, Jesus Cristo
Vinde a nós Senhor
Jesus Cristo, ouví-nos
Jesus Cristo, atendei-nos

Deus, Pai dos céus,
tende piedade de nós
Deus Filho, redentor do mundo
Deus Espírito Santo
Santíssima Trindade, que sois um só Deus
Santa Maria, rogai por nós
Santa mãe de Deus
Santa virgem das virgens

Mãe de Cristo
Mãe de divina graça
Mãe puríssima
Mãe castíssima
Mãe imaculada
Mãe intacta
Mãe amável
Mãe admirável
Mãe do bom conselho
Mãe do Criador
Mãe do Salvador

Virgem prudentíssima
Virgem venerável
Vírgem louvável
Virgem poderosa
Virgem indulgente
Virgem fiel

Espelho de justiça
Sede de sabedoria
Causa da nossa alegria
Vaso espíritual
Vaso honorável
Vaso de insígne devoção
Rosa mística
Torre de David
Torre de marfim
Casa de ouro
Arca da Aliança
Porta do céu
Estrela da manhã
Saúde dos enfermos
Refúgio dos pecadores
Consoladora dos aflitos
Auxílio dos cristãos

Rainha dos anjos
Rainha dos patriarcas
Rainha dos profetas
Rainha dos apóstolos
Raínha dos mártires
Rainha dos confessores
Rainha das virgens
Rainha de todos os santos
Rainha concebida sem pecado original
Rainha assunta ao céu
Rainha do santo rosário
Rainha da paz

Cordeiro de Deus,
que tirais os pecados do mundo,
perdoai-nos Senhor
Cordeiro de Deus,
que tirais os pecados do mundo,
atendei-nos Senhor
Cordeiro de Deus,
que tirais os pecados do mundo,
tende piedade de nós

Rogai por nós, santa mãe de Deus
Para que sejamos dignos
das promessas de Cristo

Oremos:

Senhor Deus, nós vos suplicamos, que concedais a vosso servos, lograr perpétua saúde de alma e corpo; e pela gloriosa intercessão da bem-aventurada sempre Virgem Maria sejamos livres da presente tristeza e gozemos da eterna alegria. Por Cristo, Nosso Senhor.
Amen.

 

http://www.eon.com.br/unilae/unil3313.htm

 

 

 

comentários por Disqus

newline oportal

 

Editoriais

As taças da ira de Deus  estão prestes a se derramarem sobre a terra! 

Quero fazer um breve relato sobre esta chamada em "Flash”, visto que não vejo a necessidade de escrever um artigo específico sobre o título, bem como também não vou citar referências bíblicas que corrobore com este assunto.

 

Os elementos ardendo  

em breve se fundirão!

Cuidado!

Um corpo terrestre, 

se chocará contra a terra e 

causará repentina destruição. 

 

Leia Mais imagem

 

A falsa doutrina do pré-tribulacionismo  

Qual biblicamente é a mais viável para você? A Meso-tribulação [Arrebatamento no meio da tribulação] ou a Pós-tribulação? [Arrebatamento depois da tribulação] Em qual delas acontecerá o Arrebatamento da Igreja! Será antes da tribulação? Reflita! Leia Mais  imagem

 

 

  Reflexão do O Portal

         2013

O oitavo Rei foi eleito.

A besta que era e já não é, é também o  oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição Apocalipse cap. 17 - 11.

E o sangue de muitos inocentes ainda haverá de ser derramado.              

Guerreiros feridos são condecorados com Láureas de sangue.

Os soldados do Exército do Rei dos Reis, porém herdarão uma coroa de ouro, e a vida eterna.

A Nova Ordem Mundial está chegando e virá para cumprir o seu dever a rigor.

Quem quiser se livrar dela terá que aceitar a sua marca. 6 6 6 em troca da sua alma.

Revelação 13. 1 – Vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] 7. Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. “Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”

Yeshua.

 O ultimo, o Rei dos reis é o próximo, e está vindo, espere por Ele mesmo que  isto lhe custar a própria vida.

"Permaneça fiel até a morte, e Eu lhe darei a Vida como Coroa. Revelação 2.10.

Yeshua".

 

Leia o Artigo: O sétimo milênio e o fim da humanidade.

Oriente-se.

 

Por: Cornelio A.Dias

Março de 2013.

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 TAUEZEQ94_tsp.png

 

 

 

  Ler um   é:

Armazenar Informações;

Desenvolver a Intelectualidade;

Ampliar os Horizontes;

Compreender o Mundo;

Comunicar-se com o Próximo;

Escrever Corretamente;

Relacionar-se melhor com o Outro!

 Ler uma  é:

Armazenar Ensinamentos;

Desenvolver o Conhecimento;

Ampliar a Espiritualidade;

Compreender a DOUTRINA;

Comunicar-se com JESUS

Escrever a VERDADE;

Relacionar-se melhor com DEUS. 

IMAGEM TEXTO

Ore conosco ao som de belos louvores;

Chore aos pés feridos do Pai!

A tristeza logo passa, não demora.

Ele vos envolve e vos consola, 

Em seus braços, faz-vos descansar.

O Portal

Abra esta Porta de Meditação, Louvor e Oração,

clique aqui em:

Bíblia Online e Seleção de Louvores

e deixa Deus falar ao seu coração!

IMAGEM TEXTO

  

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png

 

 

 Leia Mais imagem 


Com: Paz seja convosco
Graça e Paz
A Paz do Senhor
Paz da parte... do Senhor
Paz de Deus
Shalom
Shalom Adonai
Bom dia; Boa Tarde; Boa Noite Irmão
Nenhuma da anteriores

Feedjit

 

Download

Descrição:

Bíblia Sagrada Digital

Mediafire – Down

 Jogo Show do Cristão

Zippyshare – Down

Biblia Sagrada + jogo show do cristão + caminho estreito

MEGA – Down 

topo