Translate this Page
Arrebatamento
Você acha que o Arrebatamento da Igreja será:
No meio da Tribulação
Depois da Tribulação?
Durante a Tribulação
Antes da Tribulação?
Não sei responder!
Ver Resultados


Rating: 2.0/5 (212 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...





O Portal da Teologia 

Indice Mapa do Site Avançado
Busca O Portal

 Ychzek'el [Ezequiel] 9.3-4

O PORTAL DA TEOLOGIA

A marca de Cristo. 

3. Então a Glória do Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura

4. Adonai lhe disse: "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".  

 Atenção: O Arrebatamento da Irmã Vilma - Assista aqui em [Vídeos e Nova Era] Cuidado com a sua Alma! 

 

Graça e Paz em Cristo → A todos os Leitores → Sejam bem vindos → No nome de Jesus!  Comentem os artigos → Iniciem discussões sobre os temas → O Moderador. 06.04.2014 

 
OPorTAU.png

Atualize o seu navegador - novo domínio 

http://www.oportaldateologia.org/ 

O Portal:

 

 

oportal@oportaldateologia.org 

cliqueimagem 

OPorTAU.png 

Pedido de Oração  

 

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

 


O Portal da Teologia autoriza a republicação de todos os artigos do site na íntegra, desde que cite a fonte de origem.  


O que é o: “Pecado”? Qual é a sua Origem?
O que é o: “Pecado”? Qual é a sua Origem?

O que é o: pecado? Qual é a sua Origem?

sir mortus

 

 

Não é bem simples simples assim explicar, nem tão fácil definir, a morte é um evento além dos limites do conhecimento humano e somente podemos tentar defini-la após uma exaustiva tentativa da sua compreensão com base nos textos Bíblicos; e isto é possível graças aos relatos que nos indicam como é que este fenômeno tornou-se uma realidade.

Porque o salário do pecado é a Morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo   Jesus nosso Senhor. Romanos cap. 6 - 23 

Introdução: 

O pecado foi a primeira potente arma criada por satanás para tentar destruir a maior das obras magníficas da criação divina, o homem. Ele, o pecado, vem sendo ignorado pelo homem desde a sua manifestação no jardim do Éden e tem se propagado até os tempos atuais. O homem naturalmente é presunçoso, característica nata adquirida por consequência do livre arbítrio concedido por Deus, razão pelo qual lhe permite agir conforme os desígnios do seu coração.

Esta dádiva de excelsa grandeza faz do homem um ser quase superior aos anjos, o que despertou o mais pernicioso instinto do maligno, a antiga serpente, que é a inveja e a cobiça.Ao homem foi lhe dado o direito de decidir pelo sim ou pelo não; do querer e do não querer, por ter sido criado a “Imagem e Semelhança” de Deus; diferente dos Anjos que somente obedecem; porém com algumas ressalvas, quando Deus interfere nesta concessão, ela se torna nula, daí prevalece o domínio sempiterno do seu Criador. 

Satanás, perfeito conhecedor do bem e do mal, aproveitou-se desta oportunidade para vingar se por não ter obtido esta dádiva enquanto ser angelical apropriando-se da sutileza do homem persuadiu a sua companheira, utilizando outra de suas astutices; o engano. Enganou a mulher com a sua personalidade, a mentira, ela por sua vez seduziu o homem, que sutilmente quis aproveitar a suposta ausência temporária de Deus, assim satanás incorporado na serpente obteve êxito total; fez o homem desobedecer a Deus, estava implantado na natureza humana o pecado e parte do seu dever cumprido; instaurou a inimizade entre Deus e o homem.

Veja como isto aconteceu: E ordenou o SENHOR Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.  

Gn: 3: 1. Ora, a serpente era o mais astuto de todos os animais do campo, que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?

2. Respondeu a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim podemos comer,

3. mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais.

4 Disse a serpente à mulher: Certamente não morrereis.

5. Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal.

6. Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu.

7. Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; pelo que coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.

Estava consumado.

O pecado começava a ser disseminado a partir de então, e o que outrora eram características típicas do anjo caído, agora se tornara deformações da personalidade humana, permitindo que a antiga serpente obtivesse influencia direta nas ações do homem e, por conseguinte desencadearia uma seqüência de atitudes cujas consequências seriam a separação entre o homem e Deus.

A pena de morte sancionada por Deus em Gn: 2: 16 -7 foi promulgada e Deus afastou definitivamente da presença do homem.

Capitulo 1: O Bem e o Mal

Por que no principio o bem e o mal foram restritos ao livre arbítrio do homem? Deus deixou a árvore do conhecimento no meio do jardim e a decisão de comer ou não o fruto dela, mesmo sem a sua permissão embora sabendo o risco disto acontecer, foi à primeira prova que Ele impôs ao homem, e esta o reprovou.

Esta prova testaria a responsabilidade necessária que o homem haveria de ter para cuidar das coisas de Deus e apontaria o nível de lealdade ao seu Criador, mas o poder que fora lhe dado mudou a sua conduta. 

Um gigante adormecido despertou dentro de si, o seu “eu”; e dele a cobiça se apoderou instigando-o, a desobediência, daí um processo de decadência e degeneração espiritual começou mudar a trajetória do homem na direção oposta ao propósito com que fora criado; para a Sua glória, tudo Ele criou. .... a todo aquele que é chamado pelo meu nome, e que criei para minha glória, e que formei e fiz. Is: 43: 7.

Esta decadência desenfreada tomou proporções avassaladoras, expandindo do nível espiritual para a degradação moral. As perspectivas do homem começaram a se elevar, se a ele lhe fora dado o domínio sobre todo o ser vivente, ele ambicionou também dominar o seu semelhante; e se não bastasse isto, controlar lhes a vida determinando o tempo da sua duração; tomando para si o direito de extirpá-la quando lhe fosse oportuno.

Se o mal era tão ofensivo assim ao homem, qual era então a pior escolha, comer da arvore do entendimento, conhecer a ciência do bem e do mal ou ambos? Pense! Se lhe fosse dado este direito, qual das duas decisões optaria?Ambos. Comendo do fruto, o homem romperia a relação amistosa com Deus e conhecendo o mal ele se tornaria inimigo de Deus.

O interessante nisso tudo é que Deus deu inúmeras opções boas e a única era ruim dava lhes a liberdade e o domínio sobre tudo; isto está confirmado tanto que foi o homem que deu nome a todas as espécies de plantas, todos os seres viventes terrestres e aquáticos e ainda o nome da mulher que Ele criará para ser sua ajudadora e companheira; além do que não seria preciso produzir nada, pois tudo era para o seu gozo usufruto oportuno e sustento próprio! O que aconteceu? O homem trocou tudo pela ruim!

Não foi surpresa para Deus porque Ele conhecia a sua criatura, mas, uma profunda decepção se abateu sobre o Criador.

Viu o Senhor que era grande a maldade do homem na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente.

Então se arrependeu o Senhor de haver feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração. 

Gn: 6: 5.  Viu o Senhor que era grande a maldade do homem na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente.

6 Então arrependeu-se o Senhor de haver feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração

Deus não errou. Ao arrepender-se Ele lamentou o seu ato procedido no passado. Tudo era perfeito, Deus somente lamentou ter criado o homem, por que este rompeu a perfeita harmonia entre Ele e a sua Criação.

A segunda vez que o homem optou pelo erro, descrita na Bíblia ocorreu em Gênesis 4:7, veja o que Deus disse para Caim: Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar. O homem errou, fracassou novamente; houve o primeiro homicídio.

Somente depois da queda o homem descobriu que aquela exigência não era uma simples advertência, mas sim o seu próprio fim, uma separação eterna entre ambos; “Ser e o ser”.

O Bem e o Mal personificam dois seres distintos entre Si, Deus e o diabo; e não obstantes a isso dois caminhos e dois destinos eternos, Luz e trevas, Vida e morte eterna, tanto do corpo como da alma; a sentença estava decretada, a decisão tomada pelo homem alterou o curso final da humanidade. Foi o maior golpe que satanás aplicou contra Deus mesmo convencido que já estava derrotado para sempre; mas Deus não se fez abalar por isto visto que todo o domínio nos céus, terra e universo são exclusivos Dele.

Este primeiro erro cometido pelo homem permitiu que Deus entregasse o domínio parcial do mundo a satanás para que dominasse sobre todos, por tempo determinado até que Ele venha novamente intervir e resgatar para o domínio que dantes era amplo, geral e irrestritamente Seu.

Entre o Bem e o Mal veja quem prevaleceu: a inveja e a cobiça; o engano; a mentira; a desobediência; o homicídio; o amor ainda não era manifestado entre os homens, esta palavra só foi pronunciada pela primeira vez em Gênesis 26:7, quando Isaque mentiu que Rebeca era sua irmã e não esposa. 

 

Capitulo 2: O que é o "pecado"?

 

O pecado é toda a má ação que praticamos que contra nós mesmos e contra os outros, que macula o nosso corpo e alma nos afastando da presença de Deus e entristecendo o Espírito Santo; é transgredir a lei e os mandamentos de Deus.

Além dos exemplos: a inveja; a cobiça; o engano; a mentira; a avareza; a soberba; desobediência; hipocrisias, além de infringirmos os dez mandamentos, ainda têm uma relação de outros fatores; tais como: roubar nos dízimos; caluniar, desobedecer à doutrina da Bíblia e os regulamentos da Igreja, além dos costumes da nossa era como assistir televisão; ser um mau exemplo como cristão na nossa maneira de agir, pensar, viver, vestir e proceder.

O Pecado caracteriza-se por “Errar” conscientemente, conhecendo e sabendo o que é o “Certo” e a sua pratica é comum entre os cristãos confessos do que entre os não são, pois estes já estão sob o seu domínio e já habitam no reino das trevas.

O pecado foi evoluindo com o passar dos séculos chegando a ponto de dominar nações inteiras, como foi o caso de Sodoma e Gomorra, e nem mesmo o dilúvio conseguir aplacar a fúria deste mal; o homem tem sido cada vez mais, o multiplicador desta praga que vem causando uma terrível devassa entre os homens.

A Bíblia diz que todo aquele que vive habitualmente no pecado também vive na rebeldia, pois o pecado é rebeldia. 1 Jo: 3:4, a origem do pecado.

A profanação e a promiscuidade das pessoas chegaram aos templos, e na Igreja o resultado foi o afastamento do Espírito Santo, que não encontra mais corações puros para torná-los templo santo para fazer dele a sua morada.

Devo salientar ainda que uma doença moderna vem se alastrando nas Igrejas ma nossa época, e já afetou até as Igrejas Pentecostais que ainda preservavam a sã doutrina, que é um tipo muito comum de câncer na visão, que é o “Melanoma de Coróide, conhecido por” Síndrome da Televisão “, esta doença infectou os pastores da Igreja, deixando-os com a visão turva; neste ínterim, a televisão entrou na Igreja, este mal se alastrou rapidamente contaminando os membros; o caso ficou tão grave que hoje as Igrejas entraram na televisão; a desculpa apresentada por estes mundanos, é a de que, com a Igreja dentro da televisão viabilizará a transmissão em tempo real dos poucos membros que serão arrebatados na volta de Cristo”.

O pecado mais grave além de tudo isto, é insistir em praticar estes e outros inúmeros atos impossíveis de relacionar todo neste estudo; é o de ainda não admitir que somos cristãos sem caráter, desprovido da graça de Deus; incapaz de admitir nossa condição deplorável, rejeitar ajuda e conselhos dos irmãos confessando as nossas culpas perante Deus; participando do corpo e do Sangue de Jesus Cristo nesta situação precária; e ainda estar convicto que se Deus cortar a nossa existência a qualquer momento; estaremos no seio de Abraão esperando a Igreja ser arrebatada.

A triste realidade é a de que a Igreja hoje está nesta condição, e pouco se pode fazer para mudar este quadro caótico que se observa.

O único antídoto para combater este mal, que é a santificação através da oração do jejum, esta em falta nas Igrejas! A quem recorrer?

2.1 - O maior de todos os pecados

Jesus estava ensinava e operava milagres e maravilhas em um dia de sábado, quando levaram até Ele, um endemoniado, cego e mudo; Cristo expulsou-lhe os demônios e o curou.

Os fariseus ali presentes assoberbados indignaram-se e maquinaram em seus pensamentos, que Jesus expulsava os demônios em nome de Belzebu.

Cristo conhecendo os pensamentos deles disse que não era possível o demônio expulsar ele mesmo; e decretou que qualquer pecado que for poderá ser perdoado, exceto a blasfêmia contra o Espírito Santo. Deus.

Confira:  

Mateus 12 - 32 Se alguém disser alguma palavra contra o Filho do homem, isso lhe será perdoado; mas se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste mundo, nem no vindouro.

31 Portanto vos digo: Todo pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada.  

Portanto nem por palavra ou por pensamento ofenda o Espírito Santo, porque qualquer ofensa contra Ele é uma ação irreversível e contra este pecado não há perdão nem nesta e nem na outra vida.

Eu ouso acrescentar mais um pecado pela lógica da razão; que qualquer ser humano cujo não aceitar a Cristo como o salvador da sua alma e morrer nesta condição, obviamente que para este também não há perdão. 

 

Capitulo 3: Qual é a origem do pecado?

O pecado não nasceu no ser humano e nem por ele. Antes da criação o pecado já existia, o seu autor apenas usou o primeiro homem como hospedeiro para se proliferar e disseminar entre os povos, com ímpeto voraz a fim de exterminar se possível fossem, todos os habitantes da terra, criando uma inimizade eterna entre a criatura e o Criador.

O autor e a personificação do próprio pecado, chama se satanás,  [Belzebu] um poderoso querubim que assistia diante do trono de Deus. Este ser cobiçou a glória de Deus e quis usurpar o seu trono com o intuito de ser o maior que Deus e reclamar para si toda a honra e gloria que somente pertence a Deus. 

Assim disse o Senhor Deus: Tu eras o selo da perfeição, cheio de sabedoria e perfeito em formosura.

Perfeitas eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que em ti se achou iniquidade.

Quando Deus sondou o intimo dele e viu que ele havia se transformado, o Senhor tirou lhe a gloria e a formosura e o confinou nas densas trevas.

A iniquidade é a qualidade de quem é iníquo. (Injusto; Mau, perverso). Nele falta à equidade. Não reconhece que os direitos são iguais para todos, expresso em julgamento, ação, atitude etc.

Desconhece a equivalência e a reconhece que os direitos são iguais para todos; igualdade. São característica de quem ou do que não revela senso de justiça e imparcialidade.

Nela não há lisura, correção no modo de agir ou opinar; falta honestidade; integridade é contrário à equidade.

A lisura é a qualidade ou caráter de pessoa íntegra, correta, idônea, honesta; é a ação ou procedimento próprio de pessoas íntegras, virtuosas, dignas e que tem retidão; agir assim é ser equitativo e nele há a equidade; (reconhecer que os direitos são iguais para todo).  Assim se tornou aquele ser de luz; e deste caráter mal que era exclusivamente seu, ele contaminou o homem.

O profeta Isaías descreve um pouco sobre este ex-querubim, veja a seguir:

Então! Caíste dos céus, astro brilhante, filho da aurora! Então! Foste abatido por terra, tu que prostravas as nações!

Tu dizias: Escalarei os céus e erigirei meu trono acima das estrelas. Assentar-me-ei no monte da assembléia, no extremo norte.

Subirei sobre as nuvens mais altas e me tornarei igual ao Altíssimo.

E, entretanto, eis que foste precipitado à morada dos mortos, ao mais profundo abismo. Is: 14: 12-15.

Observe que o profeta não atribuiu nome algum a ele, apenas chamou-o; satanás; nunca se soube o nome exato deste ex-querubim como a exemplo de Miguel e Gabriel conhecido desde a antiguidade, não há relato algum na Bíblia que o identifique, além de: “astro brilhante caído do céu”.

Is: 14: 12. Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! como foste lançado por terra tu que prostravas as nações!

13 E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono; e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do norte;

14 subirei acima das alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo. 

15 Contudo levado serás ao Seol, ao mais profundo do abismo.. 

Após a publicação da Vulgata de Jerônimo, um padre apologista Católico 347 / 420 no século V, afirmou que embora o nome Lúcifer que passado a ser atribuído a Satanás, porém não há ligação alguma entre os dois nomes; visto que o termo "estrela da manhã" é originado da palavra hebraica “helel” já a palavra Lúcifer é derivada do latim Lux fero que significa portador da Luz. 

Os judeus o chamam de heilel ben-shachar, onde heilel significa Vênus e ben-shachar significa "o luminoso, filho da manhã"; que também não tem relação com o termo Lúcifer.

Este termo partiu do entendimento popular distorcido das versões do versículo 12 e não de possíveis erros dos tradutores; mas sim porque as pessoas de tempos posteriores esqueceram o que o nome Lúcifer significa ou concluíram erradamente que o significado era Satanás.

Ezequiel profetizou também sobre ele veja o capitulo 28 a seguir:.

11 - Veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:

12 - Filho do homem, levanta uma lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Assim diz o Senhor DEUS: Tu eras o selo da medida, cheio de sabedoria e perfeito em formosura.

13 - Estiveste no Éden, jardim de Deus; de toda a pedra preciosa era a tua cobertura: sardônia, topázio, diamante, turquesa, ônix, jaspe, safira, carbúnculo, esmeralda e ouro; em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados.

14 - Tu eras o querubim, ungido para cobrir, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras afogueadas andavas.

15 - Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniquidade em ti.

16 - Na multiplicação do teu comércio encheram o teu interior de violência, e pecaste; por isso te lancei, profanado, do monte de Deus, e te fiz perecer, ó querubim cobridor, do meio das pedras afogueadas.

17 - Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terra te lancei, diante dos reis te pus, para que olhem para ti.

18 - Pela multidão das tuas iniquidades, pela injustiça do teu comércio profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu e te tornei em cinza sobre a terra, aos olhos de todos os que te vêem.

A perícope acima, que relata a profecia de Ezequiel, abre um importante parêntese se observarmos os seguintes fatores:

1º - O Querubim corrompeu a sabedoria que Deus havia lhe dado ainda no Céu;

2º - Deus o lançou para a terra;

3º - No Éden Deus plantara a arvore do conhecimento e a da vida;

4º - O Querubim foi ungido para vigiar o santo monte;

5º - O homem foi criado depois quando as plantas e os animais já haviam sido.

Portanto satanás já estava na terra; entende-se que, pode ter havido um intervalo de tempo entre a queda do diabo e o inicio da formação do homem, isto porque ele foi a ultima criação de Deus!

Basta traçarmos um simples paralelo observando os fatores acima citados, para chegarmos ao óbvio; de que não era exatamente pelo fruto em si, mas sim a sua essência, pois nele estava contida a sabedoria de Deus, o que tornava distinto em relação aos frutos das demais arvore do jardim; exceto o da arvore da vida, esta segunda, poderia dar vida eterna para o homem; por isto Deus protegeu a duas, com a finalidade de ainda poder regenerar o homem sem que fosse preciso destruí-lo definitivamente, antes que se tornasse imortal.

Ora, se de uma arvore o homem obtivesse a vida eterna, e da outra, a sabedoria e o conhecimento sob o domínio do pecado, a criação estava perdida; o homem seria eternamente pecador.

Como ele já havia dantes corrompido a própria sabedoria, optou por fazê-lo novamente; sabendo que por este motivo tornou-se inimigo de Deus, corrompendo a sabedoria do homem, criaria a inimizade entre o homem e o seu Criador.

Ainda sobre o príncipe das trevas, João quando estava na Ilha de Patmos, Deus lhe revelou o que houve no céu, que desencadeou a Sua Ira e Justiça contra o que seria a pior ameaça contra os homens, mais propriamente contra a alma deles, que Ele criou imortal segundo a sua própria semelhança. 

Medite no trecho do Livro do Apocalipse Capitulo 12 como se segue: 

7 - E houve batalha no céu; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o dragão e os seus anjos;

8 - Mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus.

9 - E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele

Vemos aqui que o então querubim de luz tornou a ser chamado novamente pelo seu nome, como o mencionado no Antigo Testamento, quando João teve esta visão, séculos já havia passados desde quando Isaías profetizou sobre a estrela cadente.

Nesta ocasião já havia ocorrido o maior evento que a humanidade pode presenciar.

 

Capitulo 4: Qual é a solução contra o pecado?

A principal solução contra o pecado é combatê-lo enfraquecendo a sua ação, a segunda é resistindo às suas investidas diminuindo o seu campo de atuação.

A primeira solução já foi tomada, o próprio Deus através do seu Unigênito Filho, derrotara pela segunda vez a satanás, desta feita para sempre, quando Jesus entregou espontaneamente a sua própria vida para regatar o homem do domínio do diabo, justificando e restaurando os a Deus.

Aleluia!

Nesta batalha, Deus outorgou para Si novamente todo o domínio da terra, e abriu um novo caminho pelo qual o homem pode caminhar e chegar até a Ele, e nome deste caminho chamam-se “Santidade”; isto requer um grande esforço e o sacrifício da própria carne, mortificando-a dos seus desejos impuros e profanos, permitindo que o Espírito Santo proteja a vossa alma até o momento que tiver que apresentá-la a Deus quando ela for requerida.

A solução contra o pecado foi tomada por Deus, Ele enviou o seu Filho porque ninguém era capaz de lutar e vencer a morte, o pecado e o próprio satanás. Deus agiu assim para que todas as almas não se perdessem para sempre.

A palavra Dele não pode voltar atrás, por isto à sentença de morte ainda continua para aqueles que não aceitam o sacrifício do Seu Unigênito, mas a graça da salvação prevalecerá até que a Igreja seja arrebatada. 

 

Capitulo 5: Como combater o pecado?

Uma das poderosas armas para combater o pecado é afrontar o diabo, obedecendo a Deus. “...quando obedeceres à voz do Senhor teu Deus, guardando os seus mandamentos e os seus estatutos, escritos neste livro da lei; quando te converteres ao Senhor teu Deus de todo o teu coração e de toda a tua alma”. Dt. 30: 10.

Quando você obedece a Deus aborrece profundamente a satanás, e obedecer nada mais é do que converteres ao Senhor teu Deus de todo o teu coração e de toda a tua alma. Por isso o Senhor disse:

Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca e com os seus lábios me honra, mas tem afastado para longe de mim o seu coração, e o seu temor para comigo consiste em mandamentos de homens, aprendidos de cor; Is: 13:29.

A oração e o jejum combatem o pecado, fortalece o crente, reveste-lhe de poder e derrota satanás. Lembre-se, toda vez que você estiver combatendo o pecado, estará lutando contra o diabo.

Outro grande aliado do pecado é o seu corpo. A tua carne luta constantemente contra o teu espírito com o intuito de satisfazer os seus desejos. Lutar contra a carne significa lutar contra si mesmo, e esta batalha na maioria das vezes se torna ais difícil do que resistir às tentações do maligno.

Muitas das vezes você pode até vencer o diabo, mas acaba cedendo para a carne. Há uma intensa batalha travada diuturnamente entre corpo e espírito, ou seja, você lutando contra o seu “eu”.

Quando a luta é com um adversário externo é mais fácil você se defender, mas, e quando a luta é contra o seu próprio desejo?

Quando o seu corpo sente fome você tem que comer, assim se procede quando se tem sede, sono, cansaço e etc; mas os desejos não param por ai; são muitas as suas vontades, porém o mais perigoso são aquelas provocantes, que exerce uma força atrativa quase descomunal sobre você; e é ai que o diabo te pega desprevenido.

Ele faz sua carne desejar algo que criou com a finalidade de fazê-lo pecar contra Deus; e quando você experimenta a sensação de satisfação daquela vontade, você nunca mais a abandona; torna se cativo de si mesmo. E o que vicia sempre são as coisas ruins. Não existe vicio bom assim como também não existe pecadinho. Todo vicio é fatal para corpo assim como todo o pecado é mortal pra a alma.

O problema da carne são os desejos que ela tem, e que quase sempre aborrece a Deus, e o diabo sabe disto e quais são; ele é um excelente negociador e seu poder de persuasão é incontestável, ele vai insistir até por fim te convencer.

Quando a sua carne está mortificada pelo Espírito Santo, ele se afasta de você.Satanás é tão astuto e ardiloso, que quando ele envia as suas legiões para terra para tentar os cristãos, ele orienta e pede para eles terem o máximo de cuidado para não se aproximar daqueles crentes que jejuam e consagram as suas vidas; porque estes tais podem expulsá-los e mandá-los de volta para o inferno.

Como está a sua proteção contra o pecado.

Deus ensinou a Caim, mas permitiu que ele optasse por livre e espontânea vontade, reveja o que o Senhor disse a ele:

Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar. Gn: 4:7. Caim escolheu o caminho mais fácil e que lhe exigiria menor esforço; a obstinação (forte apego a seu próprio ponto de vista) e a desobediência (insurgir contra a autoridade); e o diabo lhe enganou.

O que Deus quis dizer para Caim? Deus poderia obrigá-lo a tomar a decisão certa? Poderia evitar que aquele mal acontecesse?

O que Deus quer dizer para você? Deus pode obrigá-lo a tomar a decisão certa? Pode evitar que o mal lhe aconteça?

O próprio Deus orienta:A escolha é sua. Se bem fizeres, não é certo que serás aceito?

A decisão é sua. Se não fizeres bem; 

O problema é seu. O pecado jaz à porta; O controle é seu. Sobre ti será o seu deseja;

A solução é sua. Mas sobre ele deves dominar.

Porque Deus haveria de intervir?

Ele age no impossível, quando para o homem não há mais solução. Ele já fez o impossível, enviou o Filho Dele para lhe resgatar do domínio do pecado entregando a própria vida pelos seus pecados, agora você tem cinco opções, só lhe resta agir.Você tem a liberdade de poder escolher a opção única errada que é o caminho mais fácil e curto, esta lhe exigirá menor esforço; a obstinação (o forte apego ao seu próprio ponto de vista) e a desobediência (insurgir contra a autoridade); e o dano maior das consequências é que o diabo além vai zombar e te acusar.

Quando você der por conta do fracasso cometido e quiser buscar a lucidez que desprezou, talvez seja tarde, isto sempre acontece, quando nos arrependemos por uma decisão não pensada, quase nunca há uma possibilidade de retroceder, resta lamentar.

Deus não agiu com autoridade, ou seja, por meio da força; Ele agiu de autoridade; isto é na origem do problema, isto explica o motivo por Ele não intervir na questão de Caim.

Deus sempre a tem a solução certa, mas Ele deixa você optar pela decisão. Também pode evitar que o mal lhe aconteça, mas Ele te alerta e lhe mostra à solução.

Foi assim com Adão, com Caim e continua sendo hoje com todos aqueles que não seguem as suas orientações.

A Bíblia Sagrada ensina com deves andar; o Espírito Santo ensina como deves agir, porém, a escolha é sua; a decisão é sua; o problema é seu; o controle é seu, e a solução é sua; você decide qual lhe é o mais oportuno; ouvir a voz de Deus, a do homem ou atentar para os desígnios do seu “eu”. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. Ap: 3:22.

O diabo domina sobre todas as engenharias, e ele tem a sua disposição a mais alta tecnologia, para produzir o engano. Ele ministra palestras, cursos, seminários e atualmente já dirige até os cultos em varias Igrejas; ele é tão sagaz, que já ocupa lugar exclusivo nos púlpitos.

Exemplos: há algum tempo não muito remoto, ente 20 e 25 atrás, isto nas Igrejas Pentecostais, a doutrina da Bíblia era levada a serio e cumprida a risco; os pastores não abriam mão do ensino por razão, porque primeiro ele vivia, depois ensinava e por fim exigia o seu cumprimento.

A oração, o jejum e a santificação eram obrigatório para preparar os novos crentes para o batismo nas águas, ninguém podia ser batizado, se ainda não tivesse abandonado todos os costumes que tinha quando ainda confessava a antiga religião.

Este procedimento era infalível, a maioria dos candidatos, no momento do batismo quando o seu corpo era imerso na água ele recebia o batismo com o Espírito Santo, quando isto não acontecia neste ato, poucos dias depois, em algum culto de oração ou de vigília o membro era selado com fogo.

Por ironia do destino, o primeiro hábito que o novo membro devia abandonar era o uso da televisão, quem tinha outros hábitos, por exemplo; jogar futebol, qualquer outro tipo de jogo incluindo os de azar, bem como vícios de bebida, fumo, drogas, e outros; tinham que mudar o estilo de se vestir; para as mulheres; ensinavam a não cortar e nem tingir os cabelos; não demonstrar a sensualidade no vestir bem como usar roupas masculinas, não fazer uso de qualquer tipo de maquiagem; não envolver sentimentalmente com pessoas de outras denominações era unânime etc.

Os cultos de doutrina eram exclusivos para o ensino destas praticas; e rendiam o titulo de Igreja rigorosa pelas outras; poucos membros de outras igrejas migravam para as pentecostais; os católicos tinham pavor dos crentes a quem chamavam de fanáticos.

Pois bem, com o passar do tempo os pastores espirituais foram encerrando os seus ministérios e vieram a ser substituído pelos mais modernos; e foram introduzida e nova prática, e uma delas, “usos e costumes” substitui a palavra “doutrina”.

Com esta mudança inicial outras vieram com tempo; a televisão passou as ser liberada, na época foi lançado o videocassete, e era necessário do aparelho para assistir as fitas.

Alguns pastores começaram a gravar as suas pregações em “cassete”, era uma das formas de se obter uma renda extra e também servia de veiculo para a autopromoção; os lideres começaram a sair do anonimato.

Esta mudança de hábito alterou a pregação da doutrina, os membros rapidamente aderiram ao novo sistema, e tudo o que era ensinado caiu em desuso sob a égide da nova filosofia, denominada usos e costumes.

Veja como o diabo foi astuto; ele não conseguia dominar a Igreja, a estratégia foi enganar os pastores, e o resultado; sucesso absoluto.

Na primeira etapa satanás colocou a televisão na casa do pastor depois nas vidas dos membros, o diabo entrou na Igreja e o pecado na vida dos crentes, ele assumiu o controle, hoje a Igreja entrou na televisão e o Espírito Santo saiu dela; satanás criou um pacote básico com promoções para todos os usuários.

Este pacote contém pastores negligentes, membros néscios, a Igreja contaminada, a televisão, os usos e costumes; e o próprio diabo de brinde; o anjo do Senhor lançará este pacote no inferno, onde o fogo não se apaga e o bicho não morre.  

Ou, se o teu olho te fizer tropeçar, lança-o fora; melhor é entrares no reino de Deus com um só olho, do que, tendo dois olhos, seres lançado no inferno.

Onde o seu verme não morre, e o fogo não se apaga.

Porque cada um será salgado com fogo. Mc: 9: 47 – 49.

Se o Espírito Santo já não fala mais na sua Igreja é porque o pecado já tomou conta dela; ela se encontra nas condições acima, peça para Ele te tirar você de lá, se ainda não estiver completamente contaminado, não será a Igreja que dará conta da sua alma pra Deus, mas sim você; e favor dela neste dia não haverá o que se argumentar em sua defesa. Medite na mensagem de Efésios 5 a seguir: 

11 - E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes as condenai.

12 - Porque o que eles fazem em oculto até dizê-lo é torpe.

13 - Mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas pela luz, porque a luz tudo manifesta.

14 - Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.

15 - Portanto, vede prudentemente como andais não como néscios, mas como sábios,

16 - Remindo o tempo; porquanto os dias são maus.

17 - Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja à vontade do Senhor.

Se a sua Igreja já liberou quase tudo mais ainda não está de acordo com as suas exigências, ela ainda continua rígida, faça o seguinte, saia dela, mude para o catolicismo, o espiritismo, maçonaria ou qualquer outra religião ou seita, com certeza você está no lugar errado e perdendo o se tempo à toa; a salvação é restrita aos escolhidos, não é para todos; quem sabe você não é um deles que está ocupando o lugar de alguém que irá substituí-lo! 

 

Em Cristo.

Shalon.

Por Cornelio A.Dias  

 

"Feito perfeito, é imperfeito; como criação, o meu eu; natureza humana! C. A. Dias.

 

Comentários

 

              

 

Licença Creative Commons

O que é o: “Pecado”? Qual é a sua Origem? de Cornelio A.Dias está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Não Comercial - Sem Derivações 4.0 Internacional.Baseado no trabalho disponível em http://oportaldateologia.org/o-que-e-o-pecado-qual-e-a-sua-origem Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em mail oportal@oportaldateologia.org

newline oportal

 

Editoriais

As taças da ira de Deus  estão prestes a se derramarem sobre a terra! 

Quero fazer um breve relato sobre esta chamada em "Flash”, visto que não vejo a necessidade de escrever um artigo específico sobre o título, bem como também não vou citar referências bíblicas que corrobore com este assunto.

 

Os elementos ardendo  

em breve se fundirão!

Cuidado!

Um corpo terrestre, 

se chocará contra a terra e 

causará repentina destruição. 

 

Leia Mais imagem

 

A falsa doutrina do pré-tribulacionismo  

Qual biblicamente é a mais viável para você? A Meso-tribulação [Arrebatamento no meio da tribulação] ou a Pós-tribulação? [Arrebatamento depois da tribulação] Em qual delas acontecerá o Arrebatamento da Igreja! Será antes da tribulação? Reflita! Leia Mais  imagem

 

 

  Reflexão do O Portal

         2013

O oitavo Rei foi eleito.

A besta que era e já não é, é também o  oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição Apocalipse cap. 17 - 11.

E o sangue de muitos inocentes ainda haverá de ser derramado.              

Guerreiros feridos são condecorados com Láureas de sangue.

Os soldados do Exército do Rei dos Reis, porém herdarão uma coroa de ouro, e a vida eterna.

A Nova Ordem Mundial está chegando e virá para cumprir o seu dever a rigor.

Quem quiser se livrar dela terá que aceitar a sua marca. 6 6 6 em troca da sua alma.

Revelação 13. 1 – Vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] 7. Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. “Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”

Yeshua.

 O ultimo, o Rei dos reis é o próximo, e está vindo, espere por Ele mesmo que  isto lhe custar a própria vida.

"Permaneça fiel até a morte, e Eu lhe darei a Vida como Coroa. Revelação 2.10.

Yeshua".

 

Leia o Artigo: O sétimo milênio e o fim da humanidade.

Oriente-se.

 

Por: Cornelio A.Dias

Março de 2013.

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 TAUEZEQ94_tsp.png

 

 

 

  Ler um   é:

Armazenar Informações;

Desenvolver a Intelectualidade;

Ampliar os Horizontes;

Compreender o Mundo;

Comunicar-se com o Próximo;

Escrever Corretamente;

Relacionar-se melhor com o Outro!

 Ler uma  é:

Armazenar Ensinamentos;

Desenvolver o Conhecimento;

Ampliar a Espiritualidade;

Compreender a DOUTRINA;

Comunicar-se com JESUS

Escrever a VERDADE;

Relacionar-se melhor com DEUS. 

IMAGEM TEXTO

Ore conosco ao som de belos louvores;

Chore aos pés feridos do Pai!

A tristeza logo passa, não demora.

Ele vos envolve e vos consola, 

Em seus braços, faz-vos descansar.

O Portal

Abra esta Porta de Meditação, Louvor e Oração,

clique aqui em:

Bíblia Online e Seleção de Louvores

e deixa Deus falar ao seu coração!

IMAGEM TEXTO

  

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png

 

 

 Leia Mais imagem 


Com: Paz seja convosco
Graça e Paz
A Paz do Senhor
Paz da parte... do Senhor
Paz de Deus
Shalom
Shalom Adonai
Bom dia; Boa Tarde; Boa Noite Irmão
Nenhuma da anteriores

Feedjit

 

Download

Descrição:

Bíblia Sagrada Digital

Mediafire – Down

 Jogo Show do Cristão

Zippyshare – Down

Biblia Sagrada + jogo show do cristão + caminho estreito

MEGA – Down 

topo